Seu Jorge e Rogê celebram amizade de três décadas em disco orgânico “Night Dreamer Direct-to-Disc”

 “Night Dreamer Direct-to-Disc” nasceu na Holanda, dentro do Artone Studios. Seu Jorge e Rogê, amigos há quase 30 anos e unidos pela música, concretizaram a fraternidade dessa relação em um álbum ao vivo. Em uma versão mais profunda de seus trabalhos, diferente do já haviam lançado até aqui, a proposta é abraçar imperfeições de um lançamento sem pós-produção. O disco foi lançado pelo selo Night Dreamer Records e já está disponível em todas as plataformas digitais.

Com produção assinada pelos dois artistas, as músicas foram gravadas em um só take, direto no vinil. Do conceito à conclusão, em quatro dias, a sessão onde “Night Dreamer Direct-to-Disc” foi produzido, garantiu capturar a intensidade do relacionamento da dupla nas faixas, estabelecendo condições para uma gravação extremamente intimista.

O álbum gira em torno das vozes potentes, elaborado com violões e percussões harmonizadas por Peu Meurray e Pretinho da Serrinha. No ar desde o começo do ano, o lançamento já passou por Nova York, Washington e Berkeley e, gira em odes às glórias brasileiras, como natureza, gastronomia, música e folclore.

O duo, que optou pelos primeiros shows fora do país, sempre manteve suas raízes em um lançamento inteiramente em português, provando que a música é universal. As sete faixas que viajam entre a soul music e bossa nova serão apresentadas no Brasil em breve

“Vem Me Salvar”, abre o disco da maneira mais brasileira possível, um samba romântico que combina levezas com violões cadentes e, permitem que o ouvinte se transporte exatamente para o momento da gravação. Em seguida, “Meu Brasil”, com participação de Pretinha da Serrinha, celebra nomes nacionais como Anastácia, Clementina de Jesus e Marielle Franco, em comemoração aos costumes e graças brasileiras, também em uma cadência do samba com batuques.
Já a “A Força” usa da potência vocal incontestável de Seu Jorge no início, e segue pra suavidade de Rogê, sempre em reverências aos orixás. “Saravá”, composta por Peu Meurray, Magary Lord e Luizinho do Jeje, é uma das faixas dançantes do disco, que ganha corpo e cresce no ritmo e som.

“Onda Carioca” segue o embalo e já entra com um convite de Jorge “Divirta-se, rapaziada!”. Com a pegada da cidade maravilhosa, o batuque entra num groove com a voz de Rogê, em baixos marcados e clima leve. A euforia desce em “Pra Você, Amigo”, uma dedicatória à amizades leais, composta por Rogê e escolhida como single deste projeto, em dezembro do último ano.

“Caminhão” encerra a viagem aos anos de amizade, faixa composta em uma mesa de bar em Santa Teresa, bairro do Rio de Janeiro. A primeira, escrita há 25 anos atrás, é uma balada romântica, suave e que, celebra a continuação da história do duo, juntos.

Seu Jorge, conhecido tanto por seus papéis como ator – em filmes como Cidade de Deus e, a atual série da Netflix, Irmandade-, já se consolidou como um dos grandes nomes da música brasileira. O sucesso dele foi acompanhado ano a ano pelo amigo Rogê, que assistiu a Jorge passando do Rio para o mundo e estrelando em grandes produções, tornando-se o maior representante dessa geração da MPB.

O músico e compositor Rogê também faz parte dessa mesma geração e se consolidou no mercado brasileiro antes de se mudar para os EUA, após uma indicação ao Grammy Latino. Como compositor, é muito conhecido como parceiro da lenda do samba Arlindo Cruz, com quem compôs dezenas de canções que foram gravadas por grandes nomes da música

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

04kTMiRGO602bj5iclJWejB3bwxWY0J3bwB0b0FGdu92Y6AzMxAzNwIjMxIjOnVGcq5ydvxmM5MWN3gDOkFTOmdDOlhDOhhDM5cDN1EDO1ITOyUGOxYkMlUGOxYkMlIzN2cjRyUiM2cDNzEjM2IjMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopDN

Liège abre caminhos para seu disco de estreia com o single inédito “Lava”

Thai e Jade Baraldo 3

Jade Baraldo e DJ Thai se unem em vídeo onde recriam Amy Winehouse mesclando funk e brasilidade