Connect with us

Entrevistas

ENTREVISTA: Romani fala sobre o single “Folhas de Outono”

Published

on

unnamed 2

O ator Romani, que viverá par romântico com Bruna Marquezine em Maldivas – nova série da Netflix -, lançou recentemente o single “Folhas de Outono”. Famoso por papéis nas novelas Rock Story (Globo, 2016), Malhação – Seu Lugar no Mundo (Globo, 2015) e com passagem na primeira edição do Show dos Famosos em 2017, o ator- que também é cantor, compositor e produtor musical- lançou o single ao lado de Dallass, Maquiny e Azevedo. “Folhas de Outono veio acompanhado de um videoclipe e vocês já podem conferir em todos os apps de música e YouTube.

Produzida por Romani em parceria com Dallass – DJ/beat maker que já acumula mais 40 milhões de streamings nos apps de música, e com coautoria de Maquiny – presente em hits digitais como Poesia Acústica 6 – e Azevedo – uma das principais apostas do rap -, a canção que mistura influências que flutuam entre R&B, trap e música cigana, é um retrato biográfico de oito corações partidos.

Conversamos com Ramoni sobre o lançamento e ele ainda falou um pouco sobre a série “Maldivas” Confira a entrevista completa:

Portal Pop Cyber – “Folhas de Outono” finalmente chegou às plataformas digitais. Como está sendo viver esse momento do lançamento autoral?

Romani: Está sendo incrível. A resposta orgânica da galera está sendo muito boa. São poucos dias de lançamentos e estamos com 40 mil streamings no spotify. Para quem não lançava nada há 10 meses, foi incrível. Meu primeiro lançamento, “Dinero”, também está indo muito bem. No youtube também está caminhando para 40. Estou muito feliz.

Portal Pop Cyber – Para a faixa você contou com a colaboração de alguns nomes da música, como Dallass, Maquiny e Azevedo. Como foi essa parceria?

Romani: A parceria veio a partir de uma amizade. Os moleques são muito gente boa. A gente pegou e fez um som do nada. Nos encontramos no estúdio e como todo mundo estava com o coração partido, a música saiu.

Portal Pop Cyber – A faixa traz um retrato de 8 corações partidos. Como surgiu a ideia de trazer todos esses sentimentos para a música e como foi para vocês abordar essas histórias?

Romani: Surgiu naturalmente a ideia. Todos estávamos com os corações partidos, falando sobre e começamos a canetar, como vem a maior parte das minhas músicas. Tudo sempre bem autobiográfico.

Portal Pop Cyber – Você também assina a produção desse seu novo lançamento. Como foi a sensação, desta vez, de produzir a tua própria faixa?

Romani: Na verdade eu já tinha produzido algumas faixas minhas, como Dinero, que é uma produção completamente minha, “Rio do Ouro” que vai ser minha próxima musica e outra produção minha. Já produzo há anos, apenas não lanço. Foi mais um dia normal fazendo música, porém um dia maravilhoso por poder fazer com um amigo, com o Dallas, que temos várias produções que ainda não lançamos também. Gostamos muito de produzir juntos.

Portal Pop Cyber – O clipe de “Folhas de Outono” chega como um mini curta que traduz toda a vivência e o sentimento nostálgico, relacionando totalmente com a proposta da faixa. Como foi a idealização dessa proposta?

Romani: Essa proposta veio em cima de um romance que eu estava vivendo na época. Chamei a pessoa para fazer o clipe comigo. Até o clipe é totalmente biográfico, a coisa foi acontecendo naturalmente. Foram 2 encontros diferentes, uma vez em janeiro e outra em março. Tudo o que está lá é verdade. Aconteceu de uma forma muito espontânea.

Portal Pop Cyber – O que podemos esperar da sua trajetória daqui pra frente com a música?

Romani: Podem esperar muitos lançamentos com propostas diferentes do que temos por aí. Trazendo a realidade do que já se conhece, mas a identidade que, eu como artista, espero trazer para o público. Não só mais uma forma de escutar música, mas sim de viver uma experiência. Quero que tenham uma vivência ouvindo o clipe ou a música. Essa é minha ideia. Quero trazer um novo portal onde a pessoa pode entender um pouco da minha cabeça, de como vejo o mundo, da minha tradição e da cultura da qual eu sempre gostei e fui inserido que é o hip hop. Além disso, inserir também a música cigana, com o mundo das ruas, com a cultura de periferia e misturar tudo. Quero mostrar que essa grande mistura é o Brasil.

Jornalista formada, trabalha na área desde 2017. Possui a própria empresa de assessoria de comunicação e é apaixonada pelo meio artístico e audiovisual. E-mail: [email protected]

Advertisement