BINARYH encerra tour pelas Américas abrindo para Paul Van Dyk na Guatemala

Dupla expoente do techno melódico brasileiro fecha turnê com datas na Argentina e Guatemala

BINARYH encerra tour pelas Americas abrindo para Paul Van Dyk na Guatemala scaled POP CYBER
Foto: Fernando Sigma

Iniciada em fevereiro, a turnê latino-americana do BINARYH deste primeiro semestre de 2024 está em sua reta final. As últimas datas rolam neste mês de abril, dias 13 e 27.

No dia 13, sábado, a dupla formada pelo casal Camila e Rene faz sua estreia na cidade argentina de Tucuman. O debut se dará no aniversário de três anos da R9 Producciones, que vai rolar no Camino del Perú, 1050. Além do projeto brasileiro, os argentinos Juan Hansen, Fede Monachest e Emi Brandan completam o lineup.

“É muito gratificante ver nossa carreira crescer a nível internacional tão rápido como está acontecendo. A gente sabe da força que as Américas têm e poder mostrar nossa música para esse público, tão apaixonado por música eletrônica, é um privilégio que conquistamos com muito trabalho. Tivemos a chance de conhecer muitas pessoas novas e nos surpreende saber que o carinho é o ponto em comum de culturas tão diversas espalhadas pelo nosso continente.” revela BINARYH.

Já no dia 27, outro sábado, a tour se encerra em grande estilo no Empire Music Festival, no que será a primeira vez do BINARYH na Guatemala. Na cidade de El Jocotillo, o festival apresenta nomes como Afrojack, Benny Benassi, Giorgia Angiuli, Matthias Tanzmann e Paul Van Dyk — para quem os brasileiros farão a abertura.

“Encerrar essa primeira tour de 2024 estreando na Guatemala nos deixa muito animados. Será uma honra tocar no mesmo palco que a lenda que é Paul Van Dyk e com certeza entregar a pista pra ele é algo que nunca imaginaríamos acontecer na nossa trajetória. Já recebemos muitas mensagens do público comemorando que seremos os primeiros artistas do Afterlife a tocar no país, então nossos corações já estão quentinhos com a receptividade dos guatemaltecas.” celebra o duo.

Depois de uma virada de ano inesquecível na edição chilena da Afterlife, Camila e Rene engataram a atual turnê no dia 10 de fevereiro, na festa Non Stop The Madness, em Cochabamba, Bolívia — evento que contou com nomes como Steve Aoki, Claptone e Ubbah.

Posteriormente, o duo passou pela Elysium Summer Edition (Mendonza, Argentina), onde dividiu lineup com ANII e Santiago Rossi; Afterlife São Paulo (que contou com Tale Of Us, Cassian B2B Kevin de Vries, ANNA, Omnya, Anyma e MRAK); e Bunker Patio Mayor (Santiago do Chile).

Sobre o BINARYH

Rene e Camila constituem a união de duas forças complementares que possuem a mesma intensidade, aplicados ao sistema sonoro traduzido como BINARYH.

É impossível falar de techno melódico sem citar a dupla, maior referência do estilo no Brasil e uma das principais ao redor do mundo. Ao longo de sua notória carreira, o duo conquistou o respeito e a admiração de artistas como Tale Of Us, Mind Against, ARTBAT, Adriatique, ANNA, Nicole Moudaber, Tiësto e David Guetta, entre outros.

O BINARYH faz parte do prestigiado time da Afterlife, lançando “Seyfert” e “Activated” nas tradicionais compilações da gravadora italiana e se apresentando nos eventos da label ao redor do mundo, participando das edições em Londres (Printworks), Ibiza (Hï Ibiza) e São Paulo (ARCA), e culminando em uma performance marcante na primeira edição de Réveillon da festa em Santiago, Chile.

No Brasil, a dupla se apresentou nos principais clubs do país e, internacionalmente, passou por Alemanha, China, Grécia, Argentina, Bolívia, Colômbia, Líbano, Espanha e Inglaterra.

BINARYH aposta em tecnologia para suas apresentações em formato hybrid DJ set.

Fantaspoa recebe diretores do thriller sobrenatural 22The Island Between Tides22 para sessao comentada scaled POP CYBER

Fantaspoa recebe diretores do thriller sobrenatural “The Island Between Tides” para sessão comentada

Ao lado de CEOs do Tomorrowland Alok anuncia edicoes do festival no Brasil pelos proximos 10 anos scaled POP CYBER

Ao lado de CEO’s do Tomorrowland, Alok anuncia edições do festival no Brasil pelos próximos 10 anos