Categories: Eventos

Public Enemy abriu o BET Awards 2020 com uma performance poderosa do clássico de 1989 “Fight the Power”

O lendário grupo de hip hop Public Enemy abriu o BET Awards 2020 com uma performance poderosa do clássico de 1989 “Fight the Power”, do filme de Spike Lee, indicado ao Oscar, Do The Right Thing.

A música teve uma reinicialização épica com Nas e Black Thought do The Roots, adicionando barras que homenagearam George Floyd e Breonna Taylor.

O lendário Chuck D abriu a música com Nas assumindo, rimando em uma cadeira de vime, canalizando claramente o co-fundador do Black Panther, Huey Newton .

Sabor Flav também se juntou à performance com uma bandeira vermelha, verde e preta como pano de fundo.

O Black Thought abençoou o microfone com imagens de protestos em todo o país.

A abertura do BET Awards com essa música é particularmente adequada, pois Spike Lee criou recentemente um curta-metragem em homenagem a George Floyd, que morreu pelas mãos da polícia, semelhante ao personagem fictício Radio Raheem em Do The Right Thing.

George Floyd foi morto em 25 de maio em Minneapolis, depois que um policial branco, Derek Chauvin, 44 anos, ficou com o joelho no pescoço do homem de 46 anos por mais de oito minutos.

Breonna Taylor, 26, foi baleada por policiais em seu apartamento em Louisville, Kentucky, em 13 de março, quando entraram para cumprir um mandado de segurança. O namorado dela achou que os policiais eram intrusos e disparou um tiro quando eles entraram. Taylor foi baleado oito vezes.

A BET tem coberto todos os ângulos dos assassinatos policiais de George Floyd, Breonna Taylor, Rayshard Brooks e outros casos de justiça social e as conseqüências e protestos subsequentes.

Gustavo Neves

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: contato@portalpopcyber.com

PUBLICIDADE