Dessa Brandão lança seu single e clipe de estreia “Nosso Taj Mahal”

O samba groovado, que dá nome ao seu primeiro EP com lançamento previsto para junho, tem direção musical de Fumaça e arranjos de Jota Moraes

Dessa Brandao lanca seu single e clipe de estreia 22Nosso Taj Mahal22 scaled POP CYBER
ALETS

No dia 23 de maio, a cantora de samba e cavaquinista Dessa Brandão apresenta seu single e clipe de estreia, “Nosso Taj Mahal”. A canção dá nome ao seu primeiro EP, com lançamento previsto para junho. É um samba groovado que fala sobre o amor romântico do cotidiano e o clipe segue essa mesma atmosfera de intimidade.

“É sobre um amor pautado na rotina, no dia a dia, ‘nosso suor matinal’, ‘temos várias maneiras de ficar bem lado a lado, cuidar do nosso quintal’. Esse amor que se constrói na rotina, aquele sólido, com paixão, mas com a vida como ela é”, explica Dessa.

Com direção musical de Fumaça, arranjos do lendário Jota Moraes e composição de Matheus Crippa, Gabriel Muca, Bruno Lima e Vitor Alves, a faixa demonstra a personalidade musical da sambista.

FICHA TÉCNICA

MÚSICA

Composição : Matheus Crippa, Gabriel Muca, Bruno Lima e Vitor Alves
Arranjos: Jota Moraes
Direção Musical: Fumaça
Violão: Matheus Crippa
Cavaquinho: Anderson Borba

Baixo: Claudinho Bonfim
Bateria: Leo Carvalho
Trombone: Edy Trombone
Percussão geral: Fumaça
Banjo: Anderson Resolva

CLIPE

Direção: Renata Sauda
Assistente de Direção: Anná
Direção de Fotografia: Henrique Pereira e Lucio Almeida
Produção: Louise Bonassi
Cabelo e Maquiagem: Ádria Dasi

Roteiro: Dessa Brandão, Anna e Renata Sauda

Arte e Objeto: Anná

Atriz Convidada: Sarah Roston

Montagem: Carol Delgado e Renata Sauda

Cor: Leticia Blanco ‍   ‍
SOBRE DESSA BRANDÃO

A paulista Dessa Brandão é cantora e cavaquinista de samba. Reverencia quem veio antes, mas também celebra o novo e as mudanças que acontecem na música, buscando o protagonismo feminino e a liberdade ao seu público LGBTQIAPN+. Em 2020, despontou no cenário nacional com o Pagode da Dessa ainda na pandemia. Com o repertório repleto de hits do samba e do pagode, em março de 2022, cantou para o Presidente Lula em um encontro de mulheres promovido por ele. No mesmo ano, fez show de canções inéditas na Casa Natura Musical, fez temporada de um mês no Studio SP e se apresentou no projeto Notas Contemporâneas (MIS/SP), em homenagem à Leci Brandão, onde cantou canções de Leci Brandão para a própria, que era entrevistada por Zeca Camargo. Em 2023, fez outra homenagem a Leci Brandão, no SESC Pompéia, e levou o Pagode da Dessa à Casa de Francisca. Além do Pagode da Dessa, ela também encabeça o projeto Pagoterapia, ao lado de Matheus Crippa e Gabriel Muca. Com a proposta de trazer uma linguagem periférica ao centro de São Paulo, a roda, que tem o samba como “uma terapia para curar coração partido”, acontece às quartas-feiras, no espaço cultural Dois Dois. Atualmente se prepara para lançar seu EP de estreia, Nosso Taj Mahal.

SOBRE FUMAÇA

Cria do Bixiga, o percussionista Fumaça leva ritmo e musicalidade para os palcos há quase três décadas. Já tocou com literalmente toda a nata do samba e pagode. Já trabalhou com Criolo, Belo, Exaltasamba, Pixote, Kiloucura, Arlindo Cruz e Sombrinha, Soweto, Leci Brandão, Sorriso Maroto entre outros grandes artistas e foi um dos fundadores do Grupo Sensação.

SOBRE JOTA MORAES

Lenda viva da música brasileira, Jota Moraes participou, como arranjador e instrumentista, de gravações e shows de Ivan Lins, Elizeth Cardoso, Simone, Caetano Veloso, Emílio Santiago, Elis Regina, Gal Costa, Maria Bethânia, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Chico Buarque, Nana Caymmi, Djavan, Fagner, Miúcha, Joanna, Rosana, Guilherme Arantes, Zizi Possi, entre outros. Por 12 anos, acompanhou como arranjador, instrumentista, produtor e diretor musical, o compositor e cantor Gonzaguinha. Integrou o Azymuth durante três anos, tendo participado de turnês internacionais e da gravação dos discos Tudo bem (1989) e Curumim (1990). Atuou, ainda, com artistas e grupos do pop-rock, como Paralamas do Sucesso, Martina, Legião Urbana, Paula Toller, Marcelo D2, Raul Seixas e Ed Motta; da música instrumental, como Luiz Bonfá, Claudio Roditt, Pascoal Meirelles, José Roberto Bertrami e Lee Ritenour; e do samba e do pagode, como Alcione, Martinho da Vila, Fundo de Quintal, Arlindo Cruz & Sombrinha, Neguinho da Beija-Flor, Negritude Jr. e Só Pra Contrariar. Compositor instrumental, tem músicas gravadas por Robertinho Silva, Mauro Senise, Pascoal Meirelles, Chiquinho do Acordeon, Claudio Roditi, Cama de Gato, Yuka Kido e Grupo Garage.

MC Luanna e Ajuliacosta viram o jogo em novo single Piranha scaled POP CYBER

MC Luanna e Ajuliacosta viram o jogo em novo single, “Piranha”

Twisters The Album Bailey Zimmerman lanca novo single 22Hell or High Water22 scaled scaled scaled POP CYBER

Bailey Zimmerman lança novo single “Hell or High Water”