Simon Erar lança “My Steh” pela G-Spot Records

Simon Erar lanca 22My Steh22 pela G Spot Records
(Foto: emusicrelations)

Mais um lançamento internacional pela G-Spot Records“My Steh”, produzida por Simon Erar, chega para abalar as pistas desse mundão. Com bastante bassline, grooves e tambores marcantes, além de muita percussão, a faixa carrega as emoções do DJ e produtor francês para todas as plataformas digitais.

Com um synth que cria uma história durante o break, o momento favorito do artista  é o drop, que chega com um mix de batidas de Hip Hop e vocais no estilo Breakbeat. Para ele, essa música foi feita para quebrar regras – e isso é algo que podemos afirmar que ele conseguiu.

“My Steh” foi produzida no estúdio, na casa de Simon, na França, no meio da madrugada. Seu processo foi bem rápido: finalizada em apenas uma noite, ela foi colocada para teste no dia seguinte em um club. A reação do público foi incrível e ali ele percebeu que a produção estava no caminho certo. Quando seu amigo perguntou o nome da faixa, ela já estava finalizada.

Falando do artista, que já está nesse mundo da música desde 1996, são 26 anos de carreira, mas que não foi iniciada na música eletrônica: ele era baterista no universo do rock e metal. Não levou muito tempo nesse mundo, até que ele começou a aprender sozinho como mexer em uma CDJ, e já em 2012 virou residente no maior club na sua cidade natal na França, o “Le Coup D’etat”. Seu período de residência durou sete anos, e essa oportunidade abriu muitas portas para o artista, que resultou na possibilidade de tocar em diversos lugares pelo país.

Erar já se apresentou ao lado de artistas renomados da cena, como Michael Bibi, Eddy M, Marc Maia, De La Swing, Oscar Aguilera Santé, Chicks Luv, Martin Brooks, Sidney Charles e Joey Daniel; além de já ter marcado presença com sets incríveis em lugares como DC-10 em Ibiza, além de países como Israel, Inglaterra e Itália.

As inspirações do artista não tem muito um estilo só: qualquer tipo de “barulho” o inspira. Foi através do rock e do metal que entrou nesse mundo, mas ele já transitou até pelo hip hop. Então, vários tipos de sons trouxeram o resultado que vemos hoje em suas produções: sem limitações. Simon conta que uma de suas grandes inspirações dentro da cena eletrônica é o britânico Jamie Jones.

O francês conta que nunca esteve em terras brasileiras, mas que espera muito poder vir ao país. Ele conhece alguns clubs por aqui, como, por exemplo, o Warung Beach Club, além de já ter trabalhado recentemente com mais um artista brasileiro, o Raf. A música eletrônica brasileira realmente é do interesse de Simon, que diz que ela tem um estilo diferenciado dos outros.

Para esse ano, uma das metas de Simon é conquistar uma audiência global com seus próximos lançamentos e shows. E o desejo do artista é trabalhar com DJs ao redor do mundo, conhecendo mais pessoas que compartilham da mesma paixão, e, é claro, com isso trazer mais tracks incríveis para seu repertório.

Confira já “My Steh” nas plataformas digitais, e não deixe de acompanhar as redes sociais de Simon para não perder nenhuma de suas obras envolvendo diversos estilos musicais.

Laroc Guaruja revela Grand Opening em dezembro e programacao de verao 2023

Laroc Guarujá revela Grand Opening em dezembro e programação de verão 2023

Greenvalley

Greenvalley anuncia grandes nomes da música eletrônica internacional para sua programação de verão 2022-2023