Categories: Música

Priscilla Alcantara se junta a Whindersson Nunes em “Girassol”, canção composta por ele

A cantora Priscilla Alcantara e o humorista Whindersson Nunes emocionaram os fãs há algumas semanas quando divulgaram nas redes sociais um áudio da cantora interpretando uma música escrita pelo comediante. Intitulada “Girassol”, a canção ganhou versão de estúdio, já disponível nas plataformas digitais de áudio.

Tudo começou quando Whindersson compôs a canção e pediu para Priscilla cantá-la. Ela, então, gravou uma mensagem de áudio interpretando as emocionantes palavras do amigo e enviou para o humorista. A ideia era guardar a canção como um mantra pessoal, mas Whindersson se emocionou com o resultado e compartilhou em suas redes. O post ganhou grande repercussão e os dois resolveram gravar a canção em estúdio, na poderosa versão que chega hoje (12) aos aplicativos de música digital.Com a analogia do girassol, que abandona a escuridão e se volta para a luz, a canção fala sobre cura e a busca por nossas melhores versões.

A primeira vez que tive contato com ´Girassol´ foi quando o Whindersson fez um post mostrando a música. Quando eu ouvi, a primeira coisa que pensei foi ´isso tem muito potencial para ser um musicão’, porque ela já era muito bonita”, conta Priscilla, que desde que viu a música nas redes de Whindersson, teve vontade de trabalhá-la, mas não contatou o amigo.

Logo depois, ele me mandou uma mensagem perguntando se eu poderia cantá-la só para ele ficar ouvindo. Então, com meu equipamento em casa, gravei um piano, acertei algumas coisas na melodia e fiz uma versão piano e voz. Ele curtiu bastante e me perguntou se poderia postar e acabou que a música explodiu sem nem ser uma canção oficial. Com toda essa repercussão, tivemos a ideia de fazer valendo. E aí surgiu a versão oficial”, explica a cantora.

“Girassol” quebra um ciclo de mais de três anos em que Priscilla não grava canções de outros compositores. Conhecida por produções autobiográficas, a cantora explica porque decidiu gravar a composição de Whindersson: “essa música traduz tanto a minha alma e a de tanta gente, que eu pensei: ´ela poderia ser minha´. Então, tive essa sensação de que estava gravando não uma música de outro compositor. A canção fala tanto por mim, que eu sinto que ela também é minha e acho que é assim que as pessoas se sentem ao ouvi-la. Não é a música do Whindersson ou da Priscilla, é a música delas”, finaliza.

A cantora retornou recentemente do Grammy Latino, premiação a qual foi indicada pelo inovador disco “Gente”, lançado no final de 2018, com 12 faixas autorais que pregam o amor e conversam com todo tipo de gente, sem barreiras ou rótulos. Depois de contemplar as emoções no último disco, ela divulgou o projeto audiovisual “O Final da História de Linda Bagunça”, que tratou do tema da saúde mental. Priscilla abordou a questão, sem qualquer julgamento, e levantou a bandeira da atenção com as questões da mente. O projeto sensível e autobiográfico mostra o caminho que a cantora percorreu. Agora, Priscilla prepara novidades para o próximo ano, com o lançamento de um novo álbum.

Redação Pop Cyber

O Pop Cyber é um portal informativo independente, que traz a cobertura completa sobre os últimos acontecimentos da música nacional e internacional. E-mail: contato@portalpopcyber.com