Lucca Picon troca as passarelas pela televisão e emenda TV, filme mundial e série na NETFLIX

Lucca Picon e1645829875941

Filho do surfista e grande ídolo francês Miky Picon, que faz parte da elite do surfe mundial ao lado de nomes como Kelly Slater, Andy Irons, Joel Parkinson e Mick Fanning., Lucca Picon já atravessou as passarelas do SPFW, fez sucesso como modelo no Brasil e no exterior, mas, por mais que ame o surfe, nada contra a maré e busca seu lugar ao sol no que descobriu que mais ama: interpretar. Além disso, é considerado também ‘pé de coelho’ do mundo musical do POP.

O galã, um dos mais belos da sua geração, não faz disso um privilégio. Estreou por acaso, sem experiência e no susto, na última temporada inédita de “Malhação – Toda Forma de Amor” como Henrique, quando havia feito o teste para a temporada seguinte, que acabou nem indo para o ar em função da pandemia. “Nas duas profissões existe um trabalho em frente à câmera e por trás dela, em ambas trabalhamos com a imagem e autoconhecimento, mas o que engloba a profissão do ator me gerou mais interesse e identificação, existe uma profundidade muito grande nos nossos estudos e tarefas que eu acredito que me trazem mais felicidade”, revela o new galã, que responde na hora se hoje se considera mais modelo ou mais ator.

Ator com certeza. Eu acho que ambas podem se complementar. Já ter modelado me ajudou em algumas coisas no cinema e depois que comecei a atuar passei a fotografar muito melhor, mas a finalidade de uma boa cena e de um bom shooting é completamente diferente”.

Mesmo com 21 anos e no duro período da pandemia, ele não tem do que queixar quanto o assunto é trabalho, mesmo sabendo que é um privilégio entre os brasileiros e a classe artística. Emendou trabalhos desde que iniciou a carreira, no cinema, séries, clipes, e nos mais diferentes veículos. “Me senti muito grato a tudo e todos. O meu empresário, Felipe Carauta, vê o meu esforço e trabalha muito pra encontrar grandes oportunidades pra gente. Eu me apaixonei pela profissão então além de ter se tornado meu sonho seguir com ela. Ao final de 2020 a situação financeira estava apertada, minha mãe foi demitida no início da pandemia, então tive uma realização profissional gigantesca e ainda esse alívio na parte financeira”, revela, sincero.

De Santa Catarina e morando em São Paulo, abandonou e logo assinou com a NETFLIX. Lá protagonizou o filme lançado mundialmente “Confissões de uma garota excluída”, inspirado no filme de Thalita Rebouças, ao lado de Klara Castanho. Em seguida, já estava no elenco da série “De Volta aos 15”, também da maior do streaming, em cena com Camila Queiroz, Maísa, João Guilherme, Mariana Rios e grande elenco, que estreia ainda esse ano. Ainda assim, ele ainda dá sorte no mundo do pop musical.

Foi convidando para o clipe “Coringa”, do Jão, mega produção de retomada do cantor super premiada, e de “Loko”, de Giulia Bee. “ Foram os meus primeiros clipes, foi novo, tem muita coisa em comum com a produção do cinema, mas é muito mais descontraído e divertido porque a entrega em cena é apenas visual, sem falas. Fiquei bem próximo da Giulia e também fiz amizade com o Jão. Fico felizes por serem clipes que tiveram grande repercussão e foram premiados”.

Agora, ainda sem parar, viverá seu maior desafio artístico: seu primeiro vilão na TV, sonho de qualquer ator. Mas um vilão daqueles para ser odiado mesmo, na TV aberta, mas em formato de série em “Todas as Garotas em Mim”, nova série de três temporadas da Record TV que será gravada em Gramado, em Florianópolis, sua cidade natal, e em Paulínia, São Paulo. “É muito diferente do que já fiz na TV, no cinema ou em série. Vai ser um  muito desafio imenso que estou louco pra cumprir. Acho que o ator é movido a desafios. O nome do meu personagem é Rodrigo e podem esperar grandes surpresas desse vilão. Começamos a gravar em breve e é uma história contemporânea que traz muitas emoções e reflexões muito importantes pro mundo cada vez mais individualista que estamos vivendo hoje”, revela.

Os tempos de modelo, ele garante, ficaram para trás, apesar de ainda exercer a função, mas agora como ator. Mas se sente honrado com tantas possibilidades em pouco tempo de carreira.

Consegui em pouco tempo oportunidades de fazer diferentes tipos de projeto, séries, filme, novela, clipes em diferentes emissoras, produtoras e streamings, e isso me trouxe muitas novas experiências que sou muito grato em ter. Tudo fruto de muito estudo e dedicação”, finaliza ele, que nas poucas horas vagas, ama surfar e andar de skate.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

22Reason22 marca a estreia de Chico Rose e Hadar Adora na cena brasileira

“Reason” marca a estreia de Chico Rose e Hadar Adora na cena brasileira

DCC 001 e1645838668410

Caio Vegatti emenda trabalhos na pandemia e estreia como protagonista sem feriados no fim de ano