Connect with us
[the_ad id="42828"]

Música

Juntos pela primeira vez, MC Fioti e Dadá Boladão estreiam “Simplicidade”

Avatar

Published

on

Dono do hit “Bum Bum Tam Tam”, MC Fioti divulga, em todas as plataformas digitais, nesta sexta-feira, dia 30 de outubro, o novo single de trabalho: “Simplicidade”, parceria inédita com Dadá Boladão.

Advertisements

O dueto traz uma mensagem muito positiva e mostra que a felicidade está nas coisas mais simples da vida.  A faixa ainda vem acompanhada de lyric vídeo, já disponível no Canal 24por48, um dos maiores de funk da atualidade.

Advertisements

Conhecido no cenário fonográfico pelos samples, marca registrada da consolidada carreira, Mc Fioti usou e abusou da originalidade na hora de produzir “Simplicidade”, até mesmo “JayZ” e “Beyoncé” foram citados na canção que mistura: narrador de desfile de escola de samba, batidas do brega e o funk. Isso é Mc Fioti, isso é “Simplicidade”.

Advertisements
Advertisements

Fioti ganhou popularidade nas mídias sociais em 2016,  com  o single de sucesso “Vai Toma”, gravado com o também paulista MC Pikachu. Caracterizada por produções simples com graves pesados, Fioti lançou uma série de faixas ao longo do ano seguinte com uma variedade de colaboradores, como MC Lan e a dupla de hip-hop Tribo da Periferia. A música “Bum Bum Tam Tam”, de 2017, explodiu nas paradas de sucesso quando o MC paulista ficou conhecido  mundialmente com a flauta ‘envolvente que mexe com a gente’.

O clipe gravado pela KondZilla, escritório que gerencia a carreira do artista desde 2019, foi o primeiro no Brasil a bater a marca de 1 bilhão de visualizações no YouTube.  Ainda falando em “Bum Bum Tam Tam”, foi graças a esse som que MC Fioti foi fazer shows fora do Brasil. Ele chegou a tocar nos Estados Unidos e fez duas turnês pela Europa.

“Imagina um brasileiro que canta funk tocando na Europa? Foi surreal, me senti que nem os gringos que tão estourados e vem tocar aqui”, declara o artista.

Depois de passar um mês circulando o continente europeu, ele foi anunciado como atração no Tomorrowland 2019,  um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo, que acontece em julho, na Bélgica. Com quatro anos de carreira a conclusão a que MC Fioti chega é que “a principal lição que eu aprendi é que a gente tem que acreditar, ter fé. Fiquei mais maduro nesses anos. Quando comecei, achei que o funk era uma coisa, mas depois comecei a participar do movimento do jeito certo, e vi que era outra. Hoje eu me sinto mais artista, antes eu era só um moleque que cantava na quebrada”, comenta.

Advertisements

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisements