Connect with us

Música

Pelé Milflows, YAS, Muzzike e Lucas Muto formam a constelação escolhida para falar da força mais poderosa que existe

Published

on

Pelé Milflows YAS Muzzike e Lucas Muto formam a constelação escolhida para falar da força mais poderosa que existe scaled
(Foto: Divulgação)

Pelé Milflows se prepara para protagonizar a estreia do projeto “Sentimento”, a nova aposta do selo Altamira. A poesia sobre o “Amor” se transforma em música na faixa que conta com a participação de Muzzike, Lucas Muto e YAS – a mais nova contratada da DMusic, escritório que passa a responder pela gestão de carreira da cantora e compositora. “YAS chega trazendo uma bagagem muito, mas muito importante mesmo. O talento dela possui diversas vertentes e isso, claro, é bem-vindo no escritório”, comemora Patrick Krauss, executivo do selo.

“Sentimento” estará dividido em “Amor”, primeira faixa e que chega amanhã em todas as plataformas de distribuição digital e YouTube,  “Tristeza”, “Alegria”, “Medo”, “Ciúme” e “Esperança”.

Para cada tema abordado, “Sentimento” terá várias participações especiais, assim como aconteceu com o projeto “Signos”, em 2020. A coletânea, que coleciona mais de 22 milhões de acessos nas plataformas, contou com a atuação de 26 artistas, dentre eles Pelé Milflows, Belle Kafer, Konai, Tati Zaqui, Lele JP, dentre outros. “Participei de todo o processo de construção de ‘Signos’ e, com ‘Sentimento’, não seria diferente. Muzzike, Lucas e YAS possuem vozes muito particulares e essa mistura tem tudo pra ser um grande sucesso, ainda mais falando de amor, sentimento comum entre todos nós”, explica o experiente Pelé.

Recém chegada a DMusic, YAS comemora o lançamento. “Casa nova e um espaço para colocar em prática toda a minha arte. Que essa parceria seja duradoura e de muito êxito para todos nós”.

“Amor” traz a parceria vitoriosa entre Liu Beatz e Jnr Beats na produção musical. O filme, que tem a direção de Allex Sales e Lucas Fds, mostra o encontro entre eles no DMusic Estúdios, em São Paulo. “Sempre sonhamos em ter um espaço nosso, com a nossa cara, para fazermos música de qualidade e com muito conteúdo. Isso é arte”, encerra Krauss.

Advertisement