Open Bar do Caju: Projeto, que vem sendo publicado gradativamente no YouTube, irá virar um álbum

O samba e o pagode têm a magia de reavivar letras marcantes do gênero, as tornando atemporais, ao passo que novos artistas e grupos vão ganhando notoriedade nesta arte tão admirada pelos brasileiros. O grupo Caju pra Baixo, por sua vez, vem ocupando espaço cada vez maior na cena, adquirindo o carinho dos fãs e demonstrando enorme habilidade na interpretação de clássicos e lançamentos de faixas autorais.

Open Bar do Caju, o mais recente trabalho do grupo carioca, ganhou uma versão audiovisual no YouTube no início de dezembro. E nesta sexta-feira (17), às 12h, será lançada a quarta parte, com as faixas Tem que Ter Fé (Jorge Alexandre), Malandro Sou Eu (Arlindo Cruz, Franco e Sombrinha) e Vara de Família (Fred do Salgueiro e Nei Lopes) em uma versão no melhor estilo dos meninos do Caju, com muita irreverência, carisma e arranjos modernos.

Nas segundas e terceiras partes, respectivamente, também já disponíveis no YT, o quinteto interpreta as clássicas Já Não Arde/ Nosso Fogo/ Novos Tempos, além de Frasco Pequeno e Um Dia. Já o bloco de estreia, contou com as músicas Eu e Você Tudo a Ver/ Dilema/ Cara de Pau e Vai e Volta. O trabalho, que posteriormente irá virar um álbum, consiste em lançamentos semanais no canal oficial do Caju.

Open Bar do Caju é um projeto que promete aproximar ainda mais os fãs de samba e pagode, Brasil afora, dos jovens artistas do Rio de Janeiro que, apesar de novos, recebem grande carinho nos lugares onde passam, fazendo jus aos 32.5 milhões de views que possuem, no YouTube, ao longo de toda a trajetória recente. O feito, sem dúvidas, ajudou a consolidá-los como uma das grandes promessas do gênero.

Gabriel Costta lança videoclipe inédito com participação do humorista Cremosinho

Fernando e Sorocaba lançam álbum audiovisual ‘Modão’