Leoni fala de alegria em seu novo trabalho “Defesa da Alegria”

Capa Defesa da Alegria

“Defesa da Alegria” é o primeiro single de um trabalho ambicioso de Leoni, que vem sendo planejado desde janeiro de 2021. A canção, que será lançada no dia 28 de janeiro de 2022, faz parte de um show que tem como tema a Alegria em seus múltiplos aspectos, pensado como forma de ajuda a curar o luto dessa pandemia e, simultaneamente, celebrar o centenário da Semana de Arte Moderna e seus “herdeiros” contemporâneos.

As músicas novas têm sido imaginadas para blocos específicos do roteiro de “Vem alegria”, nome desse novo espetáculo. Algumas parcerias inéditas incluem Francis Hime, Manuel Bandeira, Felipe Cordeiro, Antonio Leoni, Luciana Fregolente e Torquato Neto. Elas serão lançadas individualmente, uma por mês, e reunidas posteriormente num EP homônimo do show.

“Defesa da Alegria” foi composta pelo artista musicando uma tradução de Fabiano Calixto para “Defensa de la alegría”, do poeta comunista uruguaio Mário Benedetti, escrito em 1978, enquanto estava exilado por conta do golpe militar em seu país. Gravada com muitos colaboradores, todos de forma virtual, a canção tem um clima
Soul/MPB bastante energético.

O processo começou com a bateria de Lourenço Monteiro — um dos produtores da faixa —, gravada em seu estúdio caseiro, sobre uma faixa de violão e voz, continuou com o baixo de Leoni, os teclados de seu filho Antonio Leoni — o outro produtor —, as guitarras de Gustavo Corsi. Por fim, os metais, arranjados por Antonio, são capitaneados por Marlon Sette. Este gravou trombone e arregimentou Jorge Continentino para o sax e iogo Gomes para o trompete. Contando com o apoio do seu filho nos vocais, o single mixagem foi iniciada no estúdio do artista e finalizada no de Lourenço. Apesar de tanta distância, a faixa parece tocada ao vivo pela “banda”.

A arte que compõe a capa do single também foi criada por Leoni, em um rascunho da bandeira brasileira, com outras cores e com outra causa. Em vez de “ordem e progresso”, o círculo central é atravessado por um band-aid com a palavra “Alegria”. Segundo o cantor: “É como se fosse uma ideia embrionária de país ao avesso do que vivemos hoje, que usa a alegria como bandeira e como cura“. Além de Leoni, a artista Adriana Milhomem também participou do design, acrescentando um filtro digital ao desenho, feito com lápis de cor e colagem, para criar textura.

BIOGRAFIA

Leoni é cantor, compositor e escritor. Participou das bandas Kid Abelha e Heróis da Resistência, e está em carreira solo desde 1993, tendo lançado 9 discos individuais e inúmeros singles. Entre seus sucessos mais conhecidos estão “Garotos II”, “Como eu quero”, “Só pro meu prazer”, “Exagerado”, “A fórmula do amor”, “Por que não eu?”, “Dublê de corpo”, “Temporada das flores”, “Os outros” e muito mais. Tem parcerias com grandes compositores como Cazuza, Zélia Duncan, Herbert Vianna, Francis Hime, Frejat, Paulinho Moska, Leo Jaime e Ivan Lins.

Em tempos de pandemia, o cantor — pioneiro no mundo digital — foi um dos primeiros artistas a promover lives no YouTube, arrecadando dinheiro para a campanha do projeto “Voz das Comunidades”. Além disso, também produziu diversos conteúdos em suas redes, trabalhando simultâneamente músicas novas e contando histórias de seus sucessos em seus canais, se conectando com o seu público, chegando até a relançar seu livro de 1995 “Letra, Música e Outras Conversas”, uma compilação de bate-papos de Leoni com grandes nomes da música como Herbert Vianna, Renato Russo, Marina Lima, Lobão, Roberto Frejat, Samuel Rosa, Adriana Calcanhoto e Nando Reis.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

Maiara e Maraísa e1643324550896

Maycon e Vinícius, e Maiara e Maraísa, lançam novo single “Quem vê cara não vê coração”

anitta glamour e1643059826903

“BOYS DON’T CRY”: Anitta incorpora pop rock e referências cinematográficas em lançamento duplo