Jehnny Beth lança single inédito; ouça “Heroine”

A compositora, cantora e artista multidisciplinar Jehnny Beth lançou um novo single – intitulado “Heroine” e produzido pelo aclamado produtor Flood – de seu próximo álbum, To Love Is To Live, que tem uma nova data de lançamento para 12 de junho.

Jehnny Beth comenta a faixa: “Quando penso nessa música, penso em Romy do xx estrangulando meu pescoço com as mãos no estúdio. Ela estava tentando me tirar da minha concha liricamente, e havia tanta resistência em mim que ela perdeu a paciência. A música foi originalmente chamada ‘Heroism’, mas eu não estava feliz porque era muito genérica. Flood foi o primeiro a sugerir Heroine em vez de Heroism. Então me lembro de Johnny Hostile tarde da noite no meu quarto de hotel em Londres, dizendo: ‘Eu não entendo sobre quem você está cantando. Quem é a heroína? Você é a heroína’. Na manhã seguinte, cheguei cedo no estúdio e gravei meus vocais acrescentando ‘to be’ à linha de coro: “tudo o que eu quero é ser uma heroína”. Flood entrou no estúdio naquele momento e pulou no ar, dando-me os polegares pela janela. Acho que estou contando essa história, porque às vezes procuramos modelos e exemplos a seguir, sem perceber que a resposta pode estar oculta dentro de nós. Eu tinha medo de ser a heroína da música, mas foram necessárias todas as pessoas ao meu redor para me levar até lá.

Além disso, o segundo episódio do programa de TV musical de Jehnny Beth na Arte, intitulado Echoes with Jehnny Beth, já está disponível em todo o mundo e apresenta apresentações e entrevistas com o King Krule, Beak> (Geoff Barrow do Portishead) e Nilufer Yanya.

O brilhante álbum solo de estréia de Jehnny Beth, To Love Is To Live, foi gravado em Los Angeles, Londres e Paris e conta com vários colaboradores, incluindo os produtores Flood, Atticus Ross e o co-criador de longa data Johnny Hostile. Também conta com participações especiais de Romy Madley Croft, do xx, ator Cillian Murphy e Joe Talbot, do IDLES.

Além de lançar To Love Is To Live em junho, Jehnny Beth também lançará Crimes Against Love Memories (CALM), seu primeiro livro apresentando uma coleção de seus contos eróticos junto com a fotografia de Johnny Hostile, em julho de 2020 via White Rabbit . O livro é uma colaboração com o parceiro criativo de longa data Johnny Hostile, cujas fotografias pontuam as histórias de Jehnny Beth. CALM parece estabelecer Jehnny Beth e Johnny Hostile como duas das vozes mais corajosas e provocantes da ficção e da arte erótica atualmente.

Mais conhecido como a vocalista carismática e co-escritora da banda britânica Savages, que recebeu indicações ao Mercury Prize por seus dois álbuns clássicos, Silence Yourself (2013) e Adore Life (2016), voz de Jehnny Beth, perspectiva lírica e agora clássicas performances ao vivo incríveis cativaram o público desde o início. Mas é em To Love Is To Live que Jehnny Beth realmente se destaca – e reivindica – o centro das atenções. O álbum é um tour de force sonoro, uma meditação cinematográfica sombria sobre o estranho negócio de estar vivo. Ao longo do registro, ela explora os mais profundos alcances de sua consciência criativa… envolta em um turbilhão de sons. De fato, ao acessar essas partes mais sombrias e menos confortáveis ​​de si mesma, Jehnny Beth criou um trabalho incrivelmente catártico, ferozmente abrasivo, delicadamente exposto e rico em discursos.

Written by Redação

Trazemos diariamente conteúdo original e informativo para o público que quer acompanhar, em tempo real, os acontecimentos no cenário do entretenimento nacional e internacional.

Turma do Pagode fará segunda live show na próxima quarta-feira, 13

Confira a setlist completa da live de Ivete Sangalo