Grey Daze lança single inédito acompanhado por clipe; ouça “B12”

Grey Daze

Grey Daze abriu o primeiro Download TV, um festival virtual de fim de semana (12 a 14 de junho) dos criadores do Download Festival, com a estreia de seu vídeo para “B12”. A música é do próximo álbum da banda de Phoenix, Amends (26 de junho, Loma Vista Recordings).

Tudo o que fizemos em torno do lançamento de Amends foi para homenagear Chester”, explica o co-fundador e baterista de Grey Daze, Sean Dowdell. “O vídeo para ‘B12’ não é uma exceção. Queríamos comemorar tudo o que foi realizado ao ver Amends, um lançamento que ele queria trazer à vida, e neste vídeo não apenas trouxemos suas letras à vida, mas também sentimos sua presença enquanto tocávamos ao lado de seu vocal.” A performance ao vivo é intercalada com clipes da gravação da música, que traz contribuições de Head e Munky do KORN. Head disse sobre a faixa: “…o alcance, o poder, a melodia e o fluxo … parece que ele (Chester) está no auge“.

Gray Daze lançou vários vídeos profundos em apoio ao lançamento de 11 músicas, oferecendo aos fãs uma visão dos primeiros momentos musicais de um dos cantores mais queridos da música rock moderna. “What’s In The Eye” exibiu imagens ao vivo da banda, compartilhando alguns dos primeiros momentos de Chester como vocalista. “Sickness” retratou a história da vida real de Sean se tornando o “irmão mais velho” de Chester depois de testemunhá-lo sendo intimidado. “Sometimes” provou o quão poderosas as letras de Chester eram, mesmo na adolescência, com o clipe exibindo suas palavras (“Talvez as coisas melhorem, talvez as coisas pareçam mais brilhantes”) no pano de fundo da crise COVID-19. “Soul Song” foi possivelmente o mais emocionante de todos, com o filho de Chester, Jaime Bennington, escrevendo e dirigindo a peça visual. Em uma entrevista à Alternative Press, Jaime explicou que o vídeo, que foi filmado em um refúgio familiar amado em Sedona, Arizona, refletia sua experiência com meditação consciente, dizendo: “Por meio dela, eu não apenas falei com ele, mas vi ele com meus próprios olhos. E é disso que trata este vídeo. É sobre essa prática. É sobre o poder duradouro da memória e sobre o sofrimento no meu próprio ritmo.”

Amends é a história de origem de uma das vozes mais reconhecíveis do rock moderno e também um momento de círculo completo entre amigos. O álbum é o cumprimento de uma reunião planejada de Grey Daze que Chester havia anunciado antes de sua morte prematura. Os demais membros da banda – Dowdell, Mace Beyers (baixo) e Cristin Davis (guitarra) – juntamente com Talinda Bennington (viúva de Chester) e seus pais, fizeram a missão de ver o projeto com a assistência de Tom Whalley, o fundador da Loma Vista Recordings e ex-presidente da Warner Bros. Records durante a permanência do Linkin Park na gravadora. Dowdell, Beyers e Davis selecionaram as faixas do catálogo da banda nos meados dos anos 90, mas em grande parte desconhecido, e regravaram a música em 2019 para acompanhar os vocais remasterizados de Chester. Produzidos por Jay Baumgardner, vários músicos dedicaram seu tempo e talento ao álbum, incluindo Brian “Head” Welch e James “Munky” Shaffer, do Korn, Page Hamilton (Helmet), Chris Traynor (Bush, Helmet, Orange 9MM), LP (Laura Pergolizzi), Jaime Bennington, Jasen Rauch (Breaking Benjamin), Marcos Curiel (POD) e Ryan Shuck (Orgy).

Amends está disponível em vários formatos colecionáveis, com várias iterações disponíveis exclusivamente no site da banda. O CD vem em formato de um livro encadernado com 16 páginas; uma primeira variante prensada de vinil vermelho rubi, exclusiva da loja virtual da banda; e uma edição deluxe numerada com um CD e um LP, que inclui o disco, um livro de 60 páginas com fotos nunca vistas antes, vinil vermelho e branco e um conjunto colecionável de memorabilia da banda apelidado de “Arquivo Grey Daze”.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

3b1bfb03 0af3 447c 81ac 20ae1e9e63d0

“Ninguém dá certo comigo” de Elana Dara teve sucesso orgânico impressionante em apenas 24 horas

ViewImage 4

Jehnny Beth lança To Love Is To Live, seu primeiro disco solo