Categories: Música

Demi Lovato revela nome da música que abrirá seu comeback no Grammy 2020: “Anyone”

Às vésperas de sua primeira apresentação pública desde que anunciou o retorno à música, no Grammy Awards 2020 deste domingo (26), a cantora Demi Lovato concedeu uma entrevista reveladora ao Good Mornig America, programa matutino da TV americana. No bate-papo, ela não só contou o nome da canção que cantará na premiação, como falou abertamente sobre sua luta contra as drogas e da vontade de ter uma família, seja com um homem ou mulher.

Demi está afastada dos palcos desde que sofreu uma overdose em 2018. No início deste mês, a cantora anunciou sua volta aos palcos, com uma performance no Grammy Latino 2020. Agora, ela revelou o nome da música que escolheu para ocasião: se chama “Anyone” e a letra foi escrita dias antes da crise que a levou a uma nova internação.

“Quando eu escuto essas músicas, eu percebo que era um pedido de ajuda e que alguém escutou essa música e percebeu que eu estava pedindo ajuda. Ela foi gravada em uma fase que eu achei que minha saúde não estava tão boa e, claramente, não estava. Agora, escutando de novo, eu queria poder voltar no tempo e ajudar aquela versão de mim”, disse a cantora.

Na entrevista, Demi contou como fez para lidar com os momentos difíceis de sua vida nos últimos anos e como o sucesso não é sinônimo de felicidade em sua vida. “Quando eu vejo que eu estou passando por alguma dificuldade ou precisando de alguma ajuda, eu começo a me apegar na esperança do futuro, para mudar minha perspectiva sobre as coisas. Quando eu passo por uma coisa difícil eu paro e me questiono por que eu estou nessa? A minha felicidade não pode ser medida pelo meu sucesso. Então quando eu penso no que me deixa feliz, eu penso na minha família e nos meus amigos”.

A cantora também falou de sua preocupação para não se envolver com pessoas tóxicas. “Sempre que tem alguém na minha vida, eu fico me questionando se aquela pessoa é alguém importante para o meu momento e se é alguém que eu quero ter por perto”. E quando questionada se já errou em seus julgamentos com alguém, ela disse: “Eu acho que eu ainda tenho isso, esse erro de julgamento. Mas por mais que você aprenda sua vida inteira, você vai chegar aos 100 anos de idade e nunca vai saber de primeira quem é bom ou não é”.

Por fim, a cantora revelou a vontade de ter uma família – e logo. “Eu quero muito começar uma família. Isso seria incrível. Eu ainda não consigo imaginar se vai ser com uma mulher ou com um homem. O que eu sei é que em algum momento da minha vida eu vou adorar fazer isso”.

Gustavo Neves

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: contato@portalpopcyber.com

PUBLICIDADE