Connect with us

Eventos

Confira a lista completa de indicados ao Grammy 2021

Avatar

Published

on

Recording Academy revelou nesta terça-feira (24/9) os indicados ao Grammy 2021. A premiação acontecerá dia 31 de janeiro de 2021, faça sol ou faça chuva, com vacina COVID-19 ou não. A saúde e segurança dos artistas, convidados, equipe e equipe estão sempre em mente durante cada GRAMMY, então, logisticamente, as coisas serão um pouco diferentes este ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira a lista completa de indicados ao Grammy 2021:

Álbum do ano

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • “Chilombo” – Jhené Aiko
  • Black Pumas” – Black Pumas
  • “Everyday Life” – Coldplay
  • “Djesse Vol. 3″ – Jacob Collier
  • “Women in Music Pt. III” – Haim
  • “Future Nostalgia” – Dua Lipa
  • “Hollywood’s Bleeding” – Post Malone
  • Folklore” – Taylor Swift

 

Gravação do ano

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Música do ano

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “The Box” – Roddy Ricch
  • “Cardigan,” – Taylor Swift
  • “Circles” – Post Malone
  • “Don’t Start Now” – Dua Lipa
  • “Everything I Wanted” – Billie Eilish
  • “I Can’t Breathe” – H.E.R.
  • “If the World Was Ending” – JP Saxe featuring Julia Michaels

 

Revelação

 

Melhor performance de rock

  • Fiona Apple – “Shameika”
  • Phoebe Bridgers – “Kyoto,
  • Haim – “The Steps”
  • Brittany Howard – “Stay High”
  • Grace Potter – “Daylight”
  • Big Thief – “Not”

 

Melhor música de rock:

  • “Kyoto” – Phoebe Bridgers
  • “Not” – Big Thief
  • “Lost in yesterday” – Tame Impala
  • Brittany Howard – “Stay High,”
  • Fiona Apple – “Shameika”

 

Melhor disco de rock

  • “A Hero’s Death” – Fontaines D.C.
  • “Kiwanuka” – Michael Kiwanuka
  • “Daylight” – Grace Potter
  • “Sound & Fury” – Sturgill Simpson
  • “The New Abnormal” – The Strokes

 

Melhor performance de r&b:

  • “Lightning & Thunder” – Jhené Aiko e John Legend
  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “All I Need” – Jacob Collier feat. Mahalia and Ty Dolla Sign
  • “Goat Head” – Brittany Howard
  • “See Me” – Emily King

 

Melhor performance solo pop

  • “Yummy” – Justin Bieber
  • “Say So” – Doja Cat
  • “Everything I Wanted” – Billie Eilish
  • “Don’t Start Now” – Dua Lipa
  • “Watermelon Sugar” – Harry Styles
  • “Cardigan” – Taylor Swift

 

Melhor performance de grupo ou duo pop

  • “Un Dia (One Day)” – J Balvin, Dua Lipa, Bad Bunny and Tainy
  • “Intentions” – Justin Bieber featuring Quavo
  • “Dynamite” – BTS
  • “Rain on Me” – Lady Gaga with Ariana Grande
  • “Exile” – Taylor Swift featuring Bon Iver

 

Melhor disco de pop vocal

  • “Changes” – Justin Bieber
  • “Chromatica” – Lady Gaga
  • “Future Nostalgia” – Dua Lipa
  • “Fine Line” – Harry Styles
  • Folklore” – Taylor Swift

 

Melhor canção r&b:

  • “Better Than I Imagine” – (Robert Glasper featuring H.E.R. and Meshell Ndegeocello)
  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “Collide” – Tiana Major9 and Earthgang
  • “Do It” – Chloe X Halle
  • “Slow Down” – Skip Marley and H.E.R.

 

Melhor performance de rap:

  • “Deep Reverence” – Big Sean Featuring Nipsey Hussle
  • “Bop” – DaBaby
  • “What’s Poppin” – Jack Harlow
  • “The Bigger Picture” – Lil Baby
  • “Savage” – Megan Thee Stallion featuring Beyoncé
  • “Dior” – Pop Smoke

 

Melhor música de rap

  • “The Bigger Picture” – Lil Baby
  • “The Box” – Roddy Ricch
  • “Laugh Now, Cry Later” – Drake featuring Lil Durk
  • “Rockstar” – DaBaby featuring Roddy Ricch
  • “Savage” – Megan Thee Stallion featuring Beyoncé

 

Produtor do ano (não clássico):

  • Jack Antonoff
  • Dan Auerbach
  • Dave Cobb
  • Flying Lotus
  • Andrew Watt

 

Melhor álbum latino pop ou urbano

  • “YHLQMDLG” – Bad Bunny
  • “Por Primera Vez” – Camilo
  • “Mesa Para Dos” – Kany García
  • “Pausa”- Ricky Martin
  • “3:33″ – Debi Nova

 

Melhor filme musical

  • “Beastie Boys Story” – Beastie Boys
  • “Black Is King” – Beyoncé
  • “We Are Freestyle Love Supreme” – Freestyle Love Supreme
  • “Linda Ronstadt: The Sound of My Voice” – Linda Ronstadt
  • “That Little Ol’ Band From Texas” – ZZ Top

 

Melhor álbum de jazz instrumental

  • On the tender spot of every calloused moment – Ambrose Akinmusire
  • Waiting Game – Terri Lyne Carrington e Social Science
  • Happening: Live at the Village vanguard – Gerald Clayton
  • Trilogy 2 – Chick Corea, Christian McBride & Brian Blade
  • Roudagain – Joshua Redman, Brad Mehldau, Christian McBride & Brian Blade

 

Melhor álbum latino de jazz

  • “Tradiciones” – Afro-Peruvian Jazz Orchestra
  • “Four Questions” – Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra
  • “City of Dreams” – Chico Pinheiro
  • “Viento y Tiempo – Live At Blue Note Tokyo” – Gonzalo Rubalcaba & Aymée Nuviola
  • “Trane’s Delight” – Poncho Sanchez

 

Disco de música global

  • “Fu Chronicles”- Antibalas
  • “Twice As Tall” – Burna Boy
  • “Agora” – Bebel Gilberto
  • “Love Letters” – Anoushka Shankar
  • “Amadjar” – Tinariwen

Como posso assistir?

Fãs de música de todo o mundo poderão assistir ao show deslumbrante ao vivo na CBS / CBS All Access. Além disso, a Cerimônia de Estreia do GRAMMY, onde a maioria das 84 categorias de prêmios é distribuída, será transmitida ao vivo no GRAMMY.com. Assim como o show principal, a Cerimônia de Estreia também apresenta performances épicas ao vivo de indicados ao GRAMMY e locutores repletos de estrelas.

Qual será a aparência do programa?

Embora o formato do GRAMMY Awards do próximo ano não tenha sido anunciado,  Harvey Mason jr. , o presidente / CEO interino da Recording Academy, ofereceu algumas dicas sobre o que esperar do programa de 2021 em junho, durante uma entrevista à  Variety .

“Estamos desenvolvendo simultaneamente três planos para a aparência do show: um é o show tradicional com público lotado, dois é um público limitado e três é nenhum público, e há criatividade em torno de todas as três ideias: como e onde iríamos filmá-lo. Mas nenhum deles envolve a mudança ou o adiamento da data “, disse Mason.

“Passei muito tempo conversando com artistas, empresários e gravadoras e tendo uma ideia de como a pandemia está afetando o lançamento de música – e tenho certeza que você notou, a quantidade de música lançada realmente aumentou durante a pandemia, por isso não queremos atrasar o nosso encontro com tanta boa música a sair “, continuou ele.

Recentemente, em 30 de setembro, ele falou com a Variety novamente e acrescentou que não importa o que aconteça, o show será executado totalmente ao vivo, sem segmentos pré-gravados.

“Estamos olhando para o Staples [Center] com um público limitado, embora pareça cada vez mais improvável; o Staples com apresentações ao vivo e sem público; ou algo um pouco mais virtual, com alguns elementos de locais diferentes”, disse Mason. “Ainda estamos esperando uma resposta de nossos parceiros da rede e do local e de nossos especialistas médicos, porque obviamente queremos que seja seguro para todos. Mas a data é definitivamente 31 de janeiro, e será espetacular mostrar.”

Quais versões são elegíveis?

O período de elegibilidade do produto para o 63º GRAMMY Awards é  1º de setembro de 2019 a 31 de agosto de  2020. Além disso, os artistas e suas equipes devem ter submetido as obras à avaliação da Academia da Gravação. O processo não é automático: é necessário “se inscrever”.

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Eventos

The Weeknd no Super Bowl: conheça 4 cantoras que têm tudo para ser a segunda atração

Avatar

Published

on

Foto: Lana del Rey, Megan Thee Stallion e Doja Cat

Em novembro de 2020, foi anunciado que The Weeknd, cantor do maior hit do ano passado, de acordo com o Year-End Chart da Billboard, será atração no show do intervalo do Super Bowl – jogo final da temporada da NFL.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O evento acontecerá em 7 de Fevereiro de 2021 e a expectativa é que mais de 16,5 milhões de pessoas assistam ao evento na televisão, seguindo a audiência média alcançada em 2019. A tendência é que a quantidade de telespectadores aumentem neste ano, principalmente por causa do isolamento físico e da restrição da presença da torcida no estádio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A confirmação da presença de The Weeknd animou os fãs e também levantou apostas online sobre quem poderia ser a segunda atração a dividir o palco com o artista. Dentre os mais falados estava a cantora, rapper e compositora Doja Cat, que fez um feat com o cantor no remix de In Your Eyes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Megan Thee Stallion

Apesar de ainda não ter um featuring com The Weeknd, Megan Thee Stallion participa da lista de prováveis atrações por causa do sucesso estrondoso que fez em 2020. Antes mesmo de lançar seu álbum debut, a artista fez parte da lista dos 100 mais influentes do mundo pela Time – na qual o próprio cantor também foi mencionado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Doja Cat

Após fazer história em 2020 com seu hit ‘Say So’, que finalizou o ano em décimo primeiro lugar na Hot 100 Songs da Billboard, Doja Cat foi um dos nomes citados como possíveis atrações do show do intervalo do Super Bowl em 2021. A artista também fez recentemente um featuring com The Weeknd no remix de In Your Eyes, que já passou da marca de 22 milhões de visualizações no YouTube. 

Lana Del Rey

A cantora, compositora e poetisa norte-americana Lana Del Rey já teve alguns featurings de sucesso com o cantor, incluindo a faixa título do seu álbum “Lust For Life”, lançado em julho de 2017. Apesar de seu estilo musical ímpar, um featuring entre os dois durante o halftime show daria uma experiência inesquecível e icônica para os telespectadores.

Rosalía

Outra cantora que é uma possível atração no show do intervalo é a espanhola Rosalía. A artista já foi amplamente reconhecida nos Grammys e, em 2020, lançou alguns sucessos como TKN, canção que conta com o featuring do rapper Travis Scott. Além disso, foi uma das artistas femininas que participaram de remixes no mais recente álbum do The Weeknd, tendo integrado a nova versão de Blinding Lights.

Quais são as suas apostas para compartilhar o palco com The Weeknd durante o show do intervalo? Independentemente da segunda atração, os fãs do cantor acreditam que há grandes probabilidades de ser um show inesquecível.

Continue Reading

Eventos

Rock in Rio deve cancelar edição de 2021 nos próximos dias

Avatar

Published

on

Foto: Divulgação

Os organizadores do Rock in Rio 2021 entenderam que o melhor caminho não é continuar anunciando atrações como se nada estivesse acontecendo. O anúncio do adiamento da próxima edição deve ser feito nos próximos dias – tanto para a edição portuguesa quanto para a edição brasileira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em setembro do ano passado, a organização do Rock in Rio oficializou as datas da próxima edição brasileira para 24, 25, 26 e 30 de setembro e 1, 2 e 3 de outubro de 2021. A produção estava confiante na iminência da vacinação em massa da população brasileira contra a Covid-19 – o que se revelou mais difícil. O cronograma do governo federal prevê que a totalidade do povo brasileiro só estará vacinada contra o coronavírus em meados de 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta quinta (21/1), o Prefeito do Rio Eduardo Paes anunciou o cancelamento do Carnaval, até então adiado para julho. “Parece-me sem qualquer sentido imaginar a essa altura que teremos condições de realizar Carnaval em julho. Essa celebração exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba. Algo impossível de se fazer nesse momento”, declarou o político.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A produtora Live Nation, que responde por mais de 50% da sociedade do Rock in Rio, recentemente anunciou a compra da plataforma de transmissão ao vivo, com ingressos pagos, Veeps. A empresa foi criada em 2017 por Joel e Benji Madden, do Good Charlotte, facilitando o envolvimento entre fãs e ídolos, com conteúdo monetizado. É uma alternativa para o festival: uma edição virtual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Rock in Rio tem histórico de investimento em tecnologia e inovação. Em 2017, realizou um show de drones na Cidade do Rock no intervalo entre alguns shows. Quem viu adorou.

Continue Reading

Eventos

Cerimônia do Grammy Awards 2021 é adiado

Avatar

Published

on

O Grammy Awards 2021 não vai mais acontecer neste mês de janeiro como programado. A cerimônia, marcada para o dia 31 nos Estados Unidos, foi cancelada por conta do agravamento da pandemia do coronavírus. A informação foi divulgada pelo site da revista Rolling Stone. A nova data aprontada para a premiação seria no mês de março.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ideia era fazer a cerimônia apenas com os apresentadores e as atrações musicais, sem plateia. Nem os artistas indicados poderiam comparecer. Fariam aparições remotas.

“Os organizadores não confirmaram uma data nova, mas fontes dizem que eles estão visando realizar o evento em algum momento de março”, diz o site da revista Rolling Stone.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Grammy não tinha anunciado ninguém para a lista de performances. Havia apenas rumores de que Beyoncé, Taylor Swift, Harry Styles e até Adele poderiam se apresentar no evento, mas nada confirmado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um comercial recente do Grammy Awards na TV usou a música “Don’t Start Now” da Dua Lipa. Para muitos, foi um indicativo de seu favoritismo na corrida pelo troféu. Para outros, um sinal de que a cantora também deveria se apresentar na premiação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Grammy 2021 tem como principais destaques Beyoncé, Dua Lipa, Taylor Swift e Roddy Rich. Esses artistas lideram o número de indicações.

Segundo o jornal The Los Angeles Times, a Califórina – estado onde será realizada a cerimônia – teve um pico de novos casos de Covid-19 nessa segunda (4/1): ao todo, foram 74 mil novos contágios pela doença. Veja a lista de indicados!

Continue Reading
Advertisement