Connect with us

Música

Com participação de Anavitória, Paulo Novaes lança o single “Lisboa”

Published

on

Com participação de Anavitória Paulo Novaes lança o single Lisboa
(Foto: Divulgação)

Após o lançamento do álbum “Minha Cabeça” em maio deste ano, Paulo Novaes lança versão inédita da canção “Lisboa” com feat de Anavitória. O single, com distribuição pelo selo Olga Music, estará disponível dia 17 de novembro em todas as plataformas digitais.

“Lisboa” foi indicada ao Grammy Latino 2021 na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa. É o primeiro lançamento do próximo disco do compositor, ‘Paulo Novaes Ao Vivo’, gravado em julho de 2021 com músicas que marcaram a trajetória do cantor paulistano.

Paulo Novaes é compositor, cantor e instrumentista nascido em São Paulo. Aos 28 anos, ele tem uma relevante trajetória na música, com quatro discos já lançados e músicas regravadas por nomes como Lenine, Anavitória, Luiza Possi, Bruna Caram, Outroeu, Barbara Rodrix, Leandro Léo, Tiago Nacataro, Duda Brack, Joana Castanheira, Dani Gurgel e Pedro Altério, entre outros.

Lançou em 2016 seu álbum de estreia, “Esfera”, que figurou em listas de Melhores do Ano da imprensa especializada. “Baú do Coração”, seu segundo disco, foi lançado em 2018. Foi nesse ano que ele se mudou para Lisboa, onde viveu até 2020. Essa experiência pautou seu terceiro trabalho, “Minha Cabeça”, lançado em 2021. A canção ‘Travo’, primeiro single da obra, atingiu em apenas 4 meses a marca de 1 milhão de plays no Spotify.

 

Ficha Técnica:

Autores: Paulo Novaes e Ana Caetano

Intérpretes: Paulo Novaes e Anavitória

Ao vivo no estúdio – Da Pá Virada

Direção de vídeo e cinematografia: Dani Gurgel
Técnico de som: Tó Brandileone
Engenharia de mixagem: Tó Brandileone e Victor Nery

Equipe do Estúdio: Big Rabello, Frederico Pacheco

Figurino, cenário e capa: Marina Novaes

Produção: Mariana Altério e Maíra Cessa

Distribuição: Olga Music

 

Letra:

Eu vejo tua cara e teu querer perverso

A gente fica bem aqui no chão da sala

Eu te queria a vida toda, te confesso

Por mim, a gente nem precisa mais da estrada

Eu vejo você longe e quero você perto

Fica na minha sombra, eu posso ser teu rastro

Não quero tu na linha, Vivo, morto ou Claro

Eu quero tu na minha boca

E a minha boca quer você

Quer você

Diga pra mim que é real

Que eu te prometo meu melhor

Fala pra mim o que eu quero ouvir

Que tu sentiu o que eu senti

Eu vejo tua cara, o teu querer perverso

A gente fica bem aqui no chão da sala

Eu te queria a vida toda, te confesso

Por mim, a gente nem precisa mais da estrada

Eu vejo você longe e quero você perto

Fica na minha sombra, eu posso ser teu rastro

Não quero tu na linha, Vivo, morto ou Claro

Eu quero tu na minha boca

E a minha boca quer você

Quer você

Diga pra mim que é real

Que eu te prometo meu melhor

Fala pra mim o que eu quero ouvir

Que tu sentiu o que eu senti

Me diga agora, por favor (me diga agora, por favor)

Que eu vou correndo te abraçar (que eu vou correndo te abraçar)

Te quero tanto, é quase dor (te quero tanto, é quase dor)

É com você que eu quero estar (é com você que eu quero estar)

Se for por mim, vai ser assim

É só você querer

Pra gente, enfim, se amar

Pra gente, enfim, se amar

Pra gente, enfim, se amar

Pra gente, enfim, se amar

Advertisement