Chico Bernardes lança o sutil e potente álbum “Outros Fios”

Segundo álbum do cantor e compositor paulistano apresenta arranjos bem trabalhados e letras introspectivas sobre a passagem do tempo

Capa-Outros-Fios
Créditos: Gabriel Rolim e Berro

A mudança de perspectiva que o tempo traz, e o amadurecimento que o acompanha, é explorado nas dez faixas de Outros Fios, novo álbum de Chico Bernardes. Neste projeto “pessoal, lúdico e experimental”, como ele mesmo o define, o cantor e compositor paulistano encontrou palavras e texturas para falar do passado e de questões que o inquietam sobre o presente e o futuro. O disco chega no dia 28 de junho em todas as plataformas de streaming de áudio, nacionalmente pela Altafonte e pelo selo canadense People’s Champ no exterior.

É de pouquinho em pouquinho, entre vocais calmos e melodias delicadas que tomam espaço, que o ouvinte adentra a cabeça de Chico Bernardes. “Esse álbum é um grande quadro de quem pegou histórias de canções e as recheou de paisagens sonoras”, define ele. As letras carregam dúvidas diversas sobre a existência, bem como as vontades e a curiosidade que esses questionamentos despertam em cada um, em busca de levar a vida de maneira mais tranquila.

Após um elogiado álbum de estreia, autointitulado Chico Bernardes (2019), Chico se desafiou a buscar sonoridades diferentes aos seus ouvidos e a experimentar novas habilidades neste segundo trabalho de estúdio, que marca sua primeira experiência como produtor musical e fonográfico. “Eu me vi muito mais como um cancioneiro focado na voz e no violão ao lançar o primeiro disco. Enquanto que, neste segundo, foquei em outros elementos de produção para colorir as canções”, explica ele. “A busca por uma identidade e o desafio de aprimorar o que eu já havia aprendido a fazer ganharam um peso importante neste novo projeto”, completa.

A música “Até Que Enfim” fala sobre encarar a entrada na vida adulta com entusiasmo, respeitando que a poesia entre o que faz parte do passado e o que ainda está por vir tem o seu valor. Em “Metades Minhas”, com participação do músico João Barisbe (no saxofone e no clarinete), Chico aborda  antigas histórias de amor que se tornam apenas frames de memória. “Inerte” é um comentário sobre o paradoxo de poder tanto e, ainda sim, não saber o que fazer, como se o excesso de possibilidades causasse um tipo próprio de paralisia. A faixa segue para o momento em que uma decisão inevitavelmente há de ser feita, abrindo caminho para a próxima canção. “Desfazer” traz à tona a ideia de que as pessoas são capazes de desapegar e reconstruir coisas ao longo da vida, sem a necessidade de sofrer com isso.

“Outros Fios” dá nome ao lançamento e resume o que o cantor pretendia com esta produção. “Os acontecimentos da vida podem ser circulares, indo e vindo por fios. Cabelos crescendo, cabos elétricos, linhas do tempo, estradas e tudo mais que é capaz de nos conectar, como se um plano maior estivesse organizando tudo para nós antes mesmo que possamos perceber”, afirma. “Ode À Perfeição” aborda exatamente o contrário do que se imagina pelo seu título: o artista acredita que o coração deve ser capaz de errar para poder sonhar – até que a sua própria realização seja alcançada. “Sonho Meu” termina por ambientar o ouvinte em um espaço um tanto místico e meditativo, como se Chico estivesse lendo um diário em que reflete sobre o passado e o futuro que almeja. “Assim” (ouça aqui), “Motivo” (ouça aqui) e “Todacor” (ouça aqui), lançadas previamente, completam a tracklist do álbum.

Além do lançamento digital, Outros Fios ganhará tiragem de 500 cópias em vinil pela gravadora Rocinante e o projeto Três Selos. A partir do dia 9 de julho, o disco impresso em cor branco marfim estará disponível para compra no site da  Rocinante Três Selos, incluindo uma entrevista exclusiva com o cantor e compositor.

Quem for aos shows pode esperar  o multi-instrumentista Gabriel Milliet dividindo o palco com Chico Bernardes. O cantor quer levar o novo disco para as capitais do Brasil e para um possível retorno à Europa.  As datas serão divulgadas em breve.

MC Durrony lança O Terror Sou Eu em parceria com Velesca Popozuda

MC Durrony lança “O Terror Sou Eu” em parceria com Valesca Popozuda

CHUU anuncia segundo mini-álbum e mais informações sobre a 2024 CHUU FAN-CON [Strawberry Rush] em São Paulo

CHUU anuncia segundo mini-álbum e mais informações sobre a 2024 CHUU FAN-CON [Strawberry Rush] em São Paulo