Artista não binária Alexys Agosto lança o segundo ato do disco A Fabulosa Viagem de Futurística, uma homenagem à comunidade LGBTQIA+

Artista não binária transita entre as influências de artistas LGBTQIA+ e da música brasileira dos anos 60/70, em seu primeiro trabalho

Alexys Agosto
News Assessoria & Comunicação

A artista não binária Alexys Agosto apresenta o segundo ato do seu álbum de estreia A Fabulosa Viagem de Futurística, a ser lançado em breve. São 4 músicas inéditas, com letras e arranjos assinados por Alexys e produção musical da própria artista e de Helô Badu.

O disco de estreia da artista é uma espécie de aventura musical interplanetária, na qual ganha vida Futurística, uma pessoa-ciborgue que se perdeu no espaço-tempo e ficou presa na realidade do planeta Terra. No ato I, lançado em 25 abril de 2024, Futurística chega prevendo o futuro, revelando a plasticidade de nossa realidade e anunciando a iminência do fim do mundo.

Agora, no segundo ato, a personagem foge para o espaço sideral, se joga em uma fenda do espaço-tempo, acreditando que lá ela poderia esticar suas asas. No entanto, sozinha, tudo que ela sente é saudade. As faixas de A Fabulosa Viagem de Futurística: Ato II exploram as diferentes fases de solidão da personagem, com uma sonoridade que mistura diferentes estilos musicais como o rock, o pop e o funk.



A personagem fictícia criada pela artista não binária Alexys Agosto faz uso da poesia fantástica e catártica para exprimir anseios, angústias e significados do que pra ela é se reconhecer como uma pessoa não binária.

Sobre Alexys Agosto:

Com 26 anos, a cantora, compositora, produtora musical e dramaturga, Alexys Agosto nasceu em Itaí, interior de São Paulo. Também realiza a produção musical para outros artistas, como Pedro Lara. Formada Bacharel no curso de Artes Cênicas da USP, ela se interessou em estudar teoria queer e junto com um grupo de amigos, fundou o Coletive Avertere. Com Avertere participou do espetáculo Tremores:sobre a luz dos vaga-lumes. A peça circulou por diversos festivais, como o Festival de Teatro de Pinhais 2022, Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau (FITUB) 2022 e Satyrianas 2023. Em Pinhais, o espetáculo ganhou o prêmio de melhor dramaturgia, escrita por Alexys e Bel Monteiro, em parceria com Coletive Avertere. Além de dramaturga, Alexys também atua e fez a produção musical das músicas originais de Tremores. Nas artes cênicas, Alexys também fez a música de cena do espetáculo Vórtex, que fez apresentações no Teatro Laboratório da USP em março de 2023 e no CRD em abril de 2024. O início do processo criativo de “A Fabulosa Viagem de Futurística” aconteceu em 2020, com o início da pandemia da COVID-19. Diante da impossibilidade de atuar no teatro, a artista passou a investigar a dramaturgia sonora, construindo uma narrativa através de músicas que desaguaram na criação do disco. As músicas desse projeto foram compostas e arranjadas por Alexys Agosto. Helô Badu divide a produção musical com Alexys.



O álbum A Fabulosa Viagem de Futurística está sendo gravado nos estúdios da Rizoma Coletiva, uma rede de artistas da música e poesia com sede localizada na região do Jardim Ângela, extremo sul de São Paulo. A Coletiva foi contemplada pela Sexta Edição do Fomento à Cultura de Periferia, que possibilitou a construção do estúdio, e sede, da Rizoma na Vila Calu (região do Jardim Ângela). Através do Fomento, a Rizoma gravou o Álbum Caules Brotos e Raízes. Alexys integra a Rizoma desde 2021, e participou do Caules como cantora, tecladista, backing vocal, compositora e produtora musical. A música Vai Passar, presente no álbum, foi composta e interpretada por Alexys, e conta também com uma poesia escrita e interpretada por Armr’Ore Erormray. Além do álbum, a Rizoma gravou uma sessions com as músicas do Caules, o Ao Vivo na Rizoma I, disponível no YouTube.

Clau convida Gaab para Vira e Mexe

Clau convida Gaab para “Vira e Mexe”

MC Daniel se une com MC Don Juan, Zé Felipe e Dennis em hit

MC Daniel se une com MC Don Juan, Zé Felipe e Dennis em hit