Connect with us

Música

Anahí revela que Televisa quis impedi-la de interpretar Mia Colucci em “Rebelde”

Avatar

Published

on

Já pensou se Mia Colucci não fosse interpretada por Anahí? Nesta quarta-feira (23), a estrela de “Rebelde” participou de um podcast, no qual revelou que a emissora Televisa não queria que ela desse vida à icônica personagem. Durante o papo, a artista também explicou como o produtor Pedro Damián teve um papel fundamental para que a história seguisse como planejado.

Advertisements

“Pedro me dizia: ‘Você é a Mia, mas tem um problema. A empresa não quer que você faça ela’. [Eu pensava:] ‘Como? Eu sou da casa!’. Mas não queriam. Fizeram testes com todo mundo, com certeza com muitas pessoas melhores do que eu. Mas eu acredito que quando algo é seu… é seu. Não se trata de quem é melhor ou pior”, refletiu Anahí. Até que o produtor anunciou que o papel seria dela mesmo: “Um dia, Pedro me disse: ‘Ninguém ficou. Venha, a Mia é sua. É você’. Chego, me mostram Mia Colucci, e… claro que sou eu!”.

Advertisements

Anos antes, Anahí já tinha enfrentado uma situação muito difícil na Televisa, na época da novela “Primeiro Amor, a Mil Por Hora”. “Esse produtor, que claramente não vou dizer quem era, chegou até mim, nos meus 13 anos, e me disse: ‘Anahí, você quer ser a protagonista dessa novela, mas a protagonista tem que estar magrinha, não pode ser gordinha’”, recordou ela sobre a fala, que lhe afetou profundamente.

“Não é que eu era gordinha. Eu tinha 13 anos! Era uma menina! Obviamente, era uma menina, estava vulnerável, numa idade difícil… Posso te dizer que uma das coisas que mais me detonaram foi esse comentário”, lembrou ela, que teve de encarar distúrbios alimentares logo cedo, e teve anorexia.

Anahí ainda lamentou a forma como a emissora lidou com essa situação. “Debochavam de mim e do meu problema, nos mesmos programas nos quais, se supunha, que eu era da casa, isso também não foi legal. Muita crueldade para uma menina de 13, 14 anos. Foi duro. Na verdade, foram anos difíceis porque me lembro que chegava aos programas e colocavam comida para ver o que eu fazia”, mencionou. Que horror…”

Advertisements
Advertisements

Depois de estar por um longo período como uma personagem adolescente, também foi difícil para Anahí retornar às novelas dando vida a mulheres adultas. “Foi nesse momento que realmente percebi: ‘Não! Não quero seguir fazendo isso!’. Já iriam acontecer cenas muito mais quentes. Era novela do horário nobre”, disse ela. “Quando fiz a novela, me diziam: ‘O que acontece? Você é a protagonista e não quer nem dar beijos’”, desabafou.

 

 

Apesar de tudo, Anahí ainda agradece pelos anos que viveu na Televisa, antes de ter se desligado da emissora em “muito bons termos”. “Sempre terei lembranças maravilhosas porque também há pessoas maravilhosas nessa empresa, teve um ou outro canalha, mas também conheci pessoas lindas e pessoas que se comportaram de maneira incrível comigo e sempre serei muito, muito grata”, declarou.

 

Advertisements

Advertisements