A banda de rock The Apartment Cats lança o single “Pêndulo” com temática sobre a polarização política do Brasil

Trazendo como tema principal a polarização política dos últimos anos no Brasil, a banda paulistana The Apartment Cats lança nesta sexta-feira (11), o seu mais novo single intitulado “Pêndulo”. A música já pode ser escutada em todas as plataformas digitais e ganhou um videoclipe que estará disponível na próxima semana no canal oficial da banda no youtube.

Composta em 2021 pelo vocalista da banda Fábio Pelissioni, a letra da faixa traz uma discussão e crítica à situação política do Brasil. O significado de pêndulo define exatamente como o cantor e compositor enxerga a situação em que nos encontramos no país: um “corpo” pesado suspenso e ligado a um ponto fixo e que se movimenta de forma oscilada.

Ele explica: “Esse insight do título veio, na verdade, numa conversa acalorada durante as eleições para prefeito em 2020. Eu lembro de usar a palavra ‘pêndulo’ para me referir à situação do cidadão brasileiro, não somente naquela eleição, mas em todos os dias da vida em geral. Enquanto esperamos um salvador da pátria a cada quatro anos, é como se vivêssemos num pêndulo, sendo jogados de um lado para o outro, vitimados numa avalanche de fake news, sofrendo as mesmas dores de sempre, e seguimos ‘andando de lado’ enquanto nação. E assim o Brasil elegeu essa figura abominável que temos como presidente hoje. No fim das contas, eu acho que a música tem um ponto de vista desse cidadão do mundo pós-moderno e pós-verdade, o cidadão raivoso e contundente, porém ao mesmo tempo perdido e manipulado”.

O título ficou na cabeça, já esteticamente a história é bem diferente. Muitos meses depois do insight sobre o tema, o gatilho para a composição foi um documentário sobre Arnaldo Antunes. “Logo depois de assistir a ‘Com a Palavra’, no qual o Arnaldo fala muito sobre o processo criativo dele – e isso é um assunto que sempre me fascina muito – fiquei com aquilo na cabeça, e pensei, ‘e se eu tentasse escrever uma música nessa pegada?’. Fiquei pensando numa mesma célula rítmica, uma batida meio Nação Zumbi, e deixei o fluxo de consciência rolar, as palavras vindo sempre meio gritadas, frases curtas, e em 15 minutos veio a letra praticamente inteira, com exceção de alguns retoques que vieram depois”, afirma o compositor.

Quanto à retratação do tema na música, a banda considera de extrema importância, especialmente por vivermos no mundo e no país que vivemos hoje. “Acho que todo artista tem uma força especial com sua arte, que deveria ser usada para lidar com essas questões e fazer a sociedade refletir e avançar”, completa a banda.

O novo som ganhou um videoclipe gravado em estúdio dirigido por  Helder Fruteira e com a direção de fotografia assinada por Luiz Maximiano. O trabalho chega ao canal do youtube da banda na próxima semana. “Pelo que pudemos ver no dia da gravação, vai ficar incrível. Coisa fina”, detalha a banda.

Sobre a expectativa para o lançamento, eles contam: “Estamos ansiosos para ver como vai ser a recepção do público! Porque todo mundo que ouve a música, gosta bastante e fica surpreso com a composição e a produção. Também dizem que é algo bem diferente de tudo o que já fizemos antes. Além disso, pela primeira vez estamos trabalhando com uma equipe colaborando na divulgação, o pessoal da Marã Musica, e também teremos um clipe feito com um time peso-pesado.”

Hungria Hip Hop lança “Outro Patamar”, com participação de MC Lipi

Cantora e compositora Lelê Azevedo traz recado especial e empoderamento feminino no novo single “Tô Fora”