Connect with us

Música

Vou Pro Sereno lança terceira parte do projeto “Novelas”

Published

on

DSC 6147 EP1 scaled
(Foto: Divulgação)

O projeto “Novelas”, que leva esse nome por apresentar, na maior parte do repertório, músicas que fizeram sucesso na telinha, mostra a versatilidade e habilidade do Vou Pro Sereno em apresentar diferentes ritmos em samba/pagode. Nesta sexta-feira chega o EP3, que conta com as faixas: “Fullgás” (Marina Lima – Novela Vereda Tropical 1984), “Sexy Yemanjá” (Pepeu Gomes – Novela Mulheres De Areia 1993), “Codinome Beija-flor” (Cazuza – Novela O Dono Do Mundo 1991) e “Aguenta Coração” (José Augusto – Novela Barriga De Aluguel 1990).

“As músicas que estão no EP3 são faixas que particularmente todos nós gostamos muito. Um clássico do Cazuza, um hit do Pepeu Gomes, que foi abertura de ‘Mulheres de Areia’, outro sucesso do José Augusto, também na abertura de ‘Barriga de Aluguel’ e o super produção da Marina Lima. Estamos na expectativa do nosso público abraçar essas músicas como aconteceram com as outras. Não canso de dizer que esse projeto foi feito com muito carinho”, afirma Julio Sereno.

O projeto completo é formado por 16 versões samba/pagode de músicas que são importantes para o grupo de alguma maneira, sendo que a maioria fez parte de alguma trilha de novela. Para quem acompanha o grupo, o novo trabalho é uma resposta a muitos pedidos dos fãs, como conta Julio Sereno: “Algumas músicas já tocávamos muito tempo atrás e nosso público sempre cobrava por que paramos, além de gostarmos muito de novelas”. Eles então decidiram criar novos arranjos e lançar 3 EPs, além do álbum completo previsto para meados de junho.

Esse é o quarto trabalho do grupo desde que assinaram com a Sony Music. Anteriormente eles lançaram os álbuns “A Força do Nosso Som”, que traz o sucesso “Teu Segredo”, parceria com Ludmilla que soma mais de 100 milhões de plays nas plataformas digitais; “Os Sambas Que Canto Por Aí”; e o mais recente “Jogando Em Casa”, que também traz Ludmilla na faixa “Já Tentei”, que ultrapassa 35 milhões de execuções de áudio e vídeo.

Sobre:

Vou Pro Sereno ou “VPS”, como chamam os fãs, é formado por Alex Sereno (tantã e voz), Júlio César (pandeiro e voz), Paulinho (reco-reco) e Rodrigo Tchutchucão (violão). Com mais de 20 anos de história, o quarteto, que conta com mais de 1.5 milhão de ouvintes mensais no Spotify, surgiu na Zona Oeste do Rio e explodiu nacionalmente com a música “Nada Pra Fazer”, que deu nome a uma roda de samba que levava cerca de 10 mil pessoas ao Bangu Atlético Clube, na cidade do Rio de Janeiro. A roda começou a atrair amantes do Samba, além de muitos sambistas. Desde então, o grupo passou a rodar com o projeto, embalando e animando o público com o melhor dos clássicos do Samba pelo país.

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisement