Valesca Popozuda se une com Tati Quebra Barraco e WC No Beat em novo single

Valesca Popozuda e Tati Quebra Barraco são, sem dúvidas, dois dos maiores nomes da cena do funk feminino no Brasil. Valesca, considerada uma das pioneiras do segmento no início da década de 2000, começa agora uma nova fase ao lado da gravadora e agência Mousik. Nesta quinta-feira, 07 de julho, as cantoras se unem com o produtor capixaba WC No Beat, percursor do trap funk brasileiro e conhecido por grandes sucessos autorais, incluindo parcerias com Pedro Sampaio e Ludmilla, para o lançamento do single “Faz Direito”. A faixa mistura batidas do funk raiz, assinadas por WC, com uma letra que remete ao estilo proibidão, já imortalizado pelos primeiros trabalhos de Valesca e Tati. O single estará disponível em todos os tocadores digitais a partir das 21h, com clipe no Youtube às 12h de sexta-feira, dia 08 de julho.

Com letras que simbolizam o empoderamento feminino, a liberdade sexual e a independência das mulheres, Valesca  e Tati construiram suas carreiras e desbravaram o mercado musical falando sobre sexo de forma explícita, o que era pouco comum naquela época para mulheres. Faixas como ‘’Agora Eu Tô Solteira’’, ‘’Boladona’’ e ‘’Tá Pra Nascer Homem Que Vai Mandar em Mim’’ marcaram gerações e não podiam faltar nas setlists.

Marcando o início da parceria da Mousik com a Sony Music, ‘’Faz Direito’’ chega também em forma audiovisual, com um clipe super produzido. Além de muita sensualidade, há referências ao maior sucesso de Valesca, “Beijinho No Ombro”, e aos tradicionais paredões de baile funk. Na história contada, Valesca e Tati se unem para dominar WC, até ele “fazer direito”.

Para Valesca, o feat já é um sucesso: “A parceria está fenomenal. A Tati levou alegria e animação. Nós duas tivemos várias idéias doidas e o WC, que é mais doido ainda, mergulhou de cabeça”. “Em 2022 gravando pela primeira vez com Valesca Popozuda. Tudo no tempo certo. E o WC foi o máximo. Estou muito ansiosa para a galera conferir”, comenta Tati. “Na produção eu quis trazer o lado vintage do funk, e nada melhor do que estar acompanhando de dois ícones no beat. Deu muito certo essa união.”, finaliza o produtor.

Written by Redação

Trazemos diariamente conteúdo original e informativo para o público que quer acompanhar, em tempo real, os acontecimentos no cenário do entretenimento nacional e internacional.

Funk em primeiro lugar: Mc Don Juan se torna o cantor mais ouvido do Brasil

Romance com guitarrista e arrependimento cirúrgico: 6 curiosidades sobre Aline Dahlen