Taylor termina a longa entrevista a descrevendo como uma “segura sessão de terapia”. Você lê na íntegra – e em inglês – aqui.