“Saci” (remix), de Baiana System e Tropkillaz, leva três prêmios no Los Angeles Brazilian Film Festival

No último dia 17 tivemos o 12º Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), nos Estados Unidos. Durante o evento, aconteceu o primeiro Festival Latino de Videoclipes, competição criada pelo diretor de Marketing do LABRFF, Manoel Neto. Na cerimônia de encerramento, a lista dos vencedores do 1º Los Angeles Latin Music Video Festival (LAMV) foi divulgada.

O videoclipe de “Saci” (remix), do grupo Baiana System com o duo Tropkillaz, levou três prêmios: Melhor Videoclipe, Melhor Edição e Melhor Diretor, com Rafael Kent.

O Los Angeles Brazilian Film Festival é hoje considerado o maior festival de cinema Brasileiro nos Estados Unido e acontece anualmente em Los Angeles, na Califórnia.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores dessa edição:

Premiados do LAMV:
Melhor Videoclipe: “Saci” (remix) (Baiana System), de Rafael Kent;
Melhor Diretor: Rafael Kent (“Saci” (remix), da Baiana System);
Melhor Edição: “Coração Cigano” (Lia Paris), de Gleeson Paulino e “Saci” (remix), de Rafael Kent;
Melhor Fotografia: “Coração Cigano” (Lia Paris), Gleeson Paulino e Jens Ostberg;
Melhor Lançamento: “We are the Nature”, de Marcos Negrão e “AA Song”, de Gabriel Novis;
Melhor Voz: Alex Albino.

Premiados do LABRFF:
Melhor Filme: “Pacarrete”, de Allan Deberton;
Melhor Documentário: “Meu Nome é Daniel”, de Daniel Gonçalves;
Melhor Diretor: Allan Deberton (“Pacarrete”);
Melhor Ator: Du Moscovis (“Veneza”);
Melhor Atriz: Marcélia Cartaxo (“Pacarrete”);
Melhor Ator Coadjuvante: André Mattos (“Veneza”);
Melhor Atriz Coadjuvante: Carol Castro (“Veneza”);
Melhor Filme da Mostra Walfredo Rodrigues (Spotlight Paraíba): “Rebento”, de André Morais;Melhor Curta (empate): “Rosas”, de Ivann Willing; e “O Menino da Terra do Sol”, de Michel Marchetti;
Melhor Roteirista: Allan Deberton (“Pacarrete”);
Melhor Fotografia: Gustavo Hadba (“Veneza”);
Melhor Edição: Joana Collier (“Pacarrete”);
Melhor Trilha Sonora: Berna Seppas (“Boca de Ouro”);
Melhor Curta Internacional: “Tyler”, de Joel Junior;
Melhor Young Filmmaker (Brasil): “O Véu de Amani”, de Renata Diniz
Melhor Young Filmmaker (EUA): “Roses are Blind” de Gui Agustini, e “Mariposa”, de Dimitri Luedemann;
Reconhecimento Especial: “O Grande Amor de um Lobo”, de Kennel Rógis e Adrianderson Barbosa;
Reconhecimento especial: “Essência”, de Lael Arruda e Lúcio Cesar Fernandes;
Reconhecimento Especial para Melhor Ator Mirim: Eduardo Giovanella (“O Menino da Terra do Sol”);
Reconhecimento Especial: “Expedição 21”, de Alex Duarte;
Reconhecimento Especial: Caden Andreus (Tyler).

Para mais informações acesse http://labrff.com/ 

Pré-venda de ingressos para show da Taylor Swift no Brasil começa nessa terça (22)

Novo álbum de Denitia ganha filme do videomaker brasileiro Hugo Faraco