Roddy Ricch anuncia seu segundo álbum

O vencedor e nove vezes indicado ao GRAMMY® rapper Roddy Ricch anuncia seu segundo álbum LIVE LIFE FAST”, que chega no dia 17 de dezembro às plataformas digitais. O pré-save está disponível aqui.

O anúncio segue seu hit do verão “Late At Night”, cujo vídeo oficial  foi co-dirigido por Roddy Ricch e Julien Christian Lutz (aka Director X) e tem feat. de Karrueche. Ricch ganhou como Melhor novo artista de Hip-Hop, Artista de Hip Hop do ano e Canção de Hip-hop do ano por “The Box” no iHeart Radio Music Awards de 2021. Ricch levou sete indicações ao prêmio, incluindo ainda Artista de Hip-Hop, Canção de Hip-Hop do ano por  “High Fashion,” “The Box” e “Rockstar”), Canção do Ano (“Rockstar”), e artista (homem) do ano.

Elogiado pela Pitchfork como o “primeiro storyteller melódico da West Coast”, o MC baseado em Compton Roddy Rich colecionou seis indicações no 63º GRAMMY® Awards (incluindo Gravação do Ano, por “Rockstar” com DaBaby, Canção do Ano ( por “The Box”), e Melhor Performance de Rap Melódico e Melhor Canção de Rap tanto por “Rockstar” quanto por “The Box”). Ricch se uniu a DaBaby nos palcos do GRAMMY para uma performance espetacular de “Rockstar” e fechou o show com uma performance icônica, um medley de “The Box” e sua nova faixa “Heartless”. O 62º GRAMMY® trouxe o primeiro prêmio de Ricch pela Melhor Performance de Rap (“Racks In The Middle” por Nipsey Hussle ft. Roddy Ricch e Hit-Boy), com duas indicações pela Melhor Canção de Rap (“Racks In The Middle” e “Ballin’”, por Mustard ft. Roddy Ricch). Depois de se apresentar no BET Awards de 2020, Ricch voltou para casa como ganhador de Melhor Novo Artista e álbum do ano, além de Melhor Álbum de Rap/Hip-Hop no  American Music Awards de 2020. No Apple Music Awards de 2020, Ricch ganhou como Melhor Canção do Ano e Melhor Álbum do Ano. A Billboard o nomeou Melhor Novo Artista de 2020, e a Forbes  o incluiu entre na renomada lista de 30 Under 30 de 2021, e ele foi nomeado pela  Variety Artista inovador do ano em sua edição anual Hitmakers.

Seu álbum “PLEASE EXCUSE ME FOR BEING ANTISOCIAL fez uma estreia triunfante, explodindo nos charts logo na sequência de seu lançamento, em dezembro de 2019, chegando ao primeiro lugar do  Billboard 200 enquanto também escalava os charts  Top R&B/Hip-Hop Albums e Top Rap Albums. Roddy dominou os rankings em todas as frentes e se manteve como canção e álbum número um no país por três semanas não consecutivas. “ PLEASE EXCUSE ME FOR BEING ANTISOCIAL” foi número 1 no Billboard 200 Albums por quatro semanas não consecutivas com mais de 3,6 bilhões de streams nos Estados Unidos até agora. O álbum foi duas vezes certificado com a platina e 9 de seus singles receberam certificados da RIAA: “High Fashion” foi platina duas vezes, “Tip Toe” foi platina, “Start Wit Me” platina também, “Big Stepper” foi ouro, “Peta”, “Boom Boom Room” , “Perfect Time” e “War Baby” também foram todos certificados com ouro. Seu disruptivo single “The Box” foi sete vezes certificado com a platina e obteve mais de 1 bilhão de streams até o momento. O single permaneceu em primeiro lugar no Billboard Hot 100 por 11 semanas consecutivas e dominou os charts de Hot R&B/Hip-Hop Songs e Hot Rap Songs. Ricch atingiu um segundo primeiro lugar com o feat com DaBaby no single “Rockstar,” retornando ao primeiro lugar no Billboard Hot 100.

Como Neymar Jr se tornou um líder? Novo episódio revela paralelo da infância com carreira profissional do craque do PSG

Niack lança single “Foda-se Pra Cá”