Rádio Retrato, novo programa da rede Novabrasil, estreia no próximo domingo com Frejat

Roberto Frejat vice presidente abramus
Crédito: Leo Aversa

A rede Novabrasil completa 22 anos neste ano e, para celebrar o marco, vai promover a estreia do programa Rádio Retrato. Com data marcada para o próximo domingo, dia 10 de abril, às 7h, o primeiro episódio tem como convidado da jornalista Fabiane Pereira o carioca Frejat, da notória banda Barão Vermelho. A cada semana, o novo programa apresenta um artista consagrado para um bate-papo descontraído, sempre pautando a música e seus afetos. Ouça ao vivo aqui.

O Rádio Retrato será formado por  12 episódios na primeira temporada e estreia com conteúdo multiplataforma – as entrevistas serão postadas em formato de podcast no canal da Novabrasil e nas principais plataformas de streaming de áudio. Além disso, os vídeos das conversas serão divulgados na íntegra no canal de YouTube da rádio ao fim do período de lançamentos.

Com o intuito de estreitar a relação dos ouvintes com os músicos do Brasil, o novo programa da Novabrasil também celebra a diversidade e a pluralidade de sons do país. “Quero tentar entender o mosaico musical dos artistas que fazem da música brasileira a mais criativa do mundo. O rádio é o lugar perfeito para conversas afetivas que promovam memórias coletivas, porque está em 80% dos domicílios brasileiros. O Rádio Retrato convida o ouvinte para uma viagem embalada pelas músicas que fazem parte do nosso cancioneiro popular”, explica a apresentadora Fabiane.

“A Novabrasil acredita no poder da música como agente transformador capaz de aproximar as pessoas e gerar experiências memoráveis. Ouvir os maiores ídolos da nossa música no rádio é valorizar o que nos torna únicos e originais como brasileiros. A missão da Novabrasil é dar cada vez mais espaço para essas trocas e gerar mais negócios associados a nossa cultura” – afirma Danilo Fuin, diretor executivo da rede Novabrasil.

No primeiro episódio do Rádio Retrato, o músico Roberto Frejat fala sobre momentos marcantes da carreira, como sua apresentação solo no Rock in Rio, em 2011. Ele explica a importância do rádio para a propagação de sua obra, além de relembrar os bastidores das gravações de alguns de seus mais importantes sucessos, entre eles  “Todo amor que houver nessa vida”. “Eu adoro cantar o amor. Essa música é uma parceria minha com o Cazuza e ela realmente tem algo diferente se for comparada com tudo que eu compus. A sofisticação poética da letra é muito grande. É uma das poucas letras  que o Cazuza fez em cima da minha melodia”, conta.

O programa recebe ainda, no mês de abril, Vanessa da Mata, no dia 17; e, no dia 24, o tremendão Erasmo Carlos e, aos poucos, vai compondo o retrato da música nacional.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

Davi Kneip Mc Frog e DJ Topo lançam 380 Balançando na Cintura

Davi Kneip, Mc Frog e DJ Topo lançam “380 Balançando na Cintura”

Chemical Surf apresenta Siliwa Hay com o astro Steve Aoki e o israelense Zafrir

“Such a Fool” do Chemical Surf é lançada pelo novo selo de house music do Steve Aoki