Connect with us

Música

Produtora Evooz chega ao mercado da música funk para concorrer com a KondZilla

Published

on

Evooz
Evooz Music, nova produtora de música, chega ao mercado funk com lançamentos dos Mcs Pedrinho da PR, Rud Boy, Rana, LP (o piloto da Nasa) e Jet . A live para comemorar o início da nova marca será no canal do Youtube da Evooz, no dia 20 de dezembro (domingo), às 20h, com shows de todos os Mcs e lançamento oficial das músicas de cada artista. Além disso, terão diversos sorteios no valor de R﹩ 1.000.

A Evooz, que se refere à evolução, vem com o objetivo de ser a número um da música funk no Brasil, concorrendo e tendo como grandes inspirações as produtoras KondZilla, GR6 e Love Funk. Com sede em São Paulo, recebeu o investimento milionário de R﹩ 10 milhões, neste primeiro momento.

Em um país com tantos músicos, são poucos os que conseguem uma oportunidade para alavancar a carreira. Pensando nisso, a produtora chega com o propósito de suprir as necessidades dos artistas, ampliando as possibilidades. “O nosso diferencial é que somos uma família. Vamos dar oportunidade para talentos que saíram do zero e transformá-los em verdadeiras estrelas”, afirma uma das sócias da Evooz, Anne Garcia.

A ideia do novo projeto surgiu do sócio Felipe Machado, que é músico e integrante de um grupo de pagode desde 2010. Neste ano, Felipe viu uma grande oportunidade no movimento funk, que também sempre foi sua grande paixão, e decidiu lançar a produtora. Ao compartilhar a ideia de projeto com Anne, em poucas horas, a empresária já estava totalmente imersa e disposta a investir e acreditar nos sonhos dos artistas. “Comecei a gravar as minhas primeiras músicas na Itália em 2019, eu sempre amei a música e nunca encontrei ninguém que acreditasse no meu sonho. Então, eu resolvi realizar o sonho desses artistas e isto está me trazendo uma satisfação enorme”, relata Anne.

Lucas da Silva, mais conhecido como Mc LP, o piloto da Nasa, foi o primeiro artista agenciado pela Evooz. Nascido em Guarujá, litoral de São Paulo, começou a ouvir funk aos 12 anos de idade influenciado por amigos. Na adolescência, participou de campeonatos de surfe, fez testes para ser jogador de futebol profissional, mas no coração sentia que não era esse o caminho a trilhar. Em um momento de sua vida, se envolveu num assalto e foi capturado em flagrante. Durante os sete meses de detenção compôs duas músicas e “gravou” na mente. Após a liberdade, decidiu seguir a carreira de Mc. “Passei por várias dificuldades, mas com muita fé e determinação consegui chegar aonde eu sempre quis estar. Com a Evooz tive a oportunidade de mudar a minha vida. Eu sigo no ramo do funk para levar cultura e tenho uma grande paixão por ser Mc”, relata Mc LP.

Em 2021, a expectativa é que todos os artistas agenciados sejam referência no funk nacional e aumentar a quantidade de Mcs na produtora.

Advertisement
Advertisement