Papatinho convida BK, Kevin O Chris, Gilklan e Duda do Borel para contarem suas vivências

1 pop cyber purple POP CYBER
(Foto: POP CYBER)

Quantas cidades cabem dentro de uma? Segundo o último censo do IBGE, o Rio de Janeiro possui quase mil favelas – cada uma com as suas particularidades, histórias e códigos. Sob a direção de Papatinho, um dos maiores produtores e beatmakers do país, BK, Kevin O Chris, Gilklan e Duda do Borel representam cada um sua respectiva área em “Minha City”, música que chega em todas as plataformas digitais nesta sexta-feira, dia 19.

Já no refrão que abre a faixa, Duda do Borel, um dos MC’s de funk mais antigos e respeitados na cidade, passa os principais fundamentos de um verdadeiro “cria” – aquele que valoriza sua origem, respeita a hierarquia e é leal aos seus parceiros. E assim ele convida o ouvinte: “Ela quer vir pra minha city / Bota pra entrar sem convite /  Seja bem-vinda a minha cidade / RJ é o crime”.

Nos versos seguintes, Gilklan e Kevin O Chris mostram um pouco mais das vivências pelas ruas do Rio e trazem a sensualidade das mulheres cariocas. Na sequência, Papato vira o beat e BK versa: “Penso em partir, mas eu não vou nunca / O sol, o clima, essas mina com roupa curta / Esse glamour, a vivência, o brilho / Os caras matariam e morreriam por isso”



Papatinho, responsável por reunir os MC’s e produzir “Minha City” conta um pouco mais sobre a música: “Eu fiquei muito feliz com esse lançamento porque consegui reunir duas gerações do funk carioca com o Duda do Borel, relíquia dos bailes, e o Kevin O Chris, que popularizou o 150 bpm no Brasil. Além disso, juntar os moleques do Gilklan funcionou muito bem, sem contar a parte do BK que é especial porque mudo o beat e ele amassa nas linhas.”

Sobre a Papatunes: Fundada em 2016 por Papatinho, um dos maiores produtores e beatmakers do Brasil, a Papatunes é um selo que oferece completa direção e produção musical aos seus artistas, além dos serviços de marketing e distribuição digital.



Sobre Kevin O Chris:

No ano de 2015, Kevin O Chris lançou sua primeira música, intitulada “Eu Vou Pro Baile da Gaiola”, que logo se tornou um sucesso nas comunidades cariocas. A faixa chamou a atenção do público e abriu portas para o cantor no cenário do funk carioca.

Em 2018, Kevin lançou o hit “Vamos Pra Gaiola” em parceria com o DJ FP do Trem Bala. A música se tornou um fenômeno viral, alcançando milhões de visualizações no YouTube e se tornando um dos grandes sucessos do carnaval brasileiro naquele ano.



A ascensão de Kevin O Chris continuou com o lançamento de outros singles populares, como “Dentro do Carro”, “Ela é do Tipo”, “Resenha lá em Casa” e “Medley da Gaiola”. Sua música é marcada por batidas animadas, letras que retratam a vivência nas comunidades e uma mistura de elementos de funk, rap e trap.

Além de sua carreira solo, Kevin também colaborou com diversos artistas renomados, como Anitta, Wesley Safadão, Dennis DJ e Drake. Essas parcerias ajudaram a ampliar sua visibilidade e popularidade tanto no Brasil quanto internacionalmente.

Kevin O Chris também é conhecido por sua presença energética no palco e pela capacidade de animar multidões com suas performances ao vivo. Seus shows são repletos de dança, interação com o público e uma atmosfera contagiante.

A trajetória de Kevin O Chris o levou a se tornar um dos principais expoentes do funk carioca atualmente. Sua música e estilo autêntico conquistaram uma base sólida de fãs e contribuíram para a popularização e o reconhecimento do gênero musical além das fronteiras do Brasil.

1 pop cyber purple POP CYBER

Pirate Snake lança “All I Need” ao lado de AKVO

1 pop cyber purple POP CYBER

“Power In My Soul”, nova faixa de Bhaskar com vocais de 2STRANGE, vira masterclass