Connect with us

Música

Nina Fernandes lança clipe da faixa “Desculpa”, quarto single do álbum “Amor é Fuga: Fuja”

Published

on

WhatsApp Image 2021 10 18 at 20.09.32

A cantora e compositora Nina Fernandes, uma das maiores artistas da nova cena da música brasileira, lança hoje o videoclipe da faixa “Desculpa”, quarto single do recém lançado álbum “Amor é Fuga: Fuja”. O trabalho, que já está disponível em todas as plataformas digitais, é o primeiro álbum da jovem artista de 22 anos, sucessor dos elogiados EP’s “Digitando…”, de 2019 e “Nina Fernandes”, de 2017.

Dirigido pela dupla Olga e produzido pela VetorZero, o clipe de “Desculpa” é uma continuação direta do já lançado “Te Procuro”, disponível no canal oficial da Nina desde o início do mês, e que já conta com mais de 303 mil views. Ambos foram filmados em sequência, na cidade de Curitiba, em um trem já desativado. Antes de “Te Procuro” e “Desculpa”, Nina lançou outros dois clipes de canções do novo álbum: “Você Vai Gostar de Mim” (dirigido pela dupla LUMO) foi lançado em julho e “Compromisso” (dirigido por Lucio Cunha) chegou ao YouTube em agosto.

Além dos videoclipes, a cantora e compositora lançou no dia 06/10, junto com o álbum “Amor é Fuga: Fuja”, visualizers para todas as dez faixas do trabalho, que transmitem através de cenários, figurinos e cores as emoções que a artista quis transmitir em cada música. Dirigidos por Bruno Trindade, os vídeos foram produzidos pela agência b+ca.

Produzido por Nina, Victor Nery e Tó Brandileone, o álbum “Amor é Fuga: Fuja” nasceu durante o isolamento imposto pela pandemia do coronavírus. “Sei que ainda vou ter muitas chances na vida, mas pra mim é muito importante não perder oportunidades. E ter a oportunidade de fazer um disco, do início ao fim, desde a composição até a co-produção, com um artista do tamanho do Tó Brandileone, além do Victor Nery que também esteve comigo desde o início do processo, ainda no quarto da minha casa, é coisa para se valorizar pro resto da vida. Victor e eu iniciamos a produção juntos, isolados, em um processo quase que artesanal, executando um trabalho super minucioso. Fizemos muitas experiências, gravamos muitas coisas. O álbum, que já estava lindo, ficou mágico após a chegada do Tó, que entrou em uma sintonia absurda conosco”, finaliza.

Confira:

Advertisement