Connect with us

Música

Nina Fernandes amadurece e se conhece através do amor em novo álbum: “Amor é Fuga: Fuja”

Published

on

Nina Fernandes 3 Creditos Bruno Trindade
Fotografia: Bruno Trindade

A cantora e compositora Nina Fernandes, uma das maiores artistas da nova cena da música brasileira, lança no dia 06 de outubro o seu novo álbum: “Amor é Fuga: Fuja”. O trabalho, que está disponível em todas as plataformas digitais, é o primeiro álbum da jovem artista de 22 anos, sucessor dos elogiados EP’s “Digitando…”, de 2019 e “Nina Fernandes”, de 2017.

“Amor é Fuga: Fuja” fala sobre um tema universal: o amor. Mas Nina faz isso não só por apresentar um sentimento, mas também situações com as quais todos se identificam, conseguindo isso através da sinceridade da artista e da forma cativante com que se expõe em todas as faixas.

Junto com o álbum, pode-se acompanhar o amadurecimento de Nina na medida em que as faixas também se sucedem, e pode-se caminhar junto com a artista em sua jornada, que começa com a idealização do amor e de seus relacionamentos, passando pelo medo da entrega e do rompimento das expectativas diante da realidade, e pode-se acabar testemunhando sua visão madura, tranquila – quase solene – do amor.

Mas tudo é intenso nas canções da jovem cantora, seja ela vivendo um amor platônico ou recíproco, sonhando com o improvável ou o tangível, seja ela temporariamente triste ou feliz, os sons seguem a mesma lógica de suas letras. Nina é densa e leve ao mesmo tempo. Porque sua voz é macia, mesmo cantando o que faria alguém chorar: a mesma dualidade expressa em toda a identidade visual da obra.

Produzido por Nina e Olga, o álbum, que traz dez faixas, nasceu durante o isolamento imposto pela pandemia do coronavírus. “Sei que ainda vou ter muitas chances na vida, mas pra mim é muito importante não perder oportunidades. E ter a oportunidade de fazer um disco, do início ao fim, desde a composição até a co-produção, com um artista do tamanho do Tó Brandileone, além do Victor Nery que também esteve comigo desde o início do processo, ainda no quarto da minha casa, é coisa para se valorizar pro resto da vida. Victor e eu iniciamos a produção juntos, isolados, em um processo quase que artesanal, executando um trabalho super minucioso. Fizemos muitas experiências, gravamos muitas coisas. O álbum, que já estava lindo, ficou mágico após a chegada do Tó, que entrou em uma sintonia absurda conosco”, finaliza.

Além do álbum, Nina também lança no dia 07 de outubro o videoclipe da canção “Te Procuro”, terceiro single deste projeto. O delicado trabalho acompanha Nina caminhando pelos vagões de um trem em movimento, procurando por alguém e encontrando versões dela mesma.

TRACKLIST “AMOR É FUGA: FUJA”

  1. Primeiramente (composta por Nina Fernandes e Tó Brandileone)

  2. Você Vai Gostar de Mim (composta por Nina Fernandes)

  3. Bordeaux (composta por Nina Fernandes)

  4. Compromisso  (composta por Nina Fernandes)

  5. Prisma (composta por Nina Fernandes e Tó Brandileone)

  6. Três Ângulos (composta por Nina Fernandes)

  7. Te Procuro (composta por Ana Caetano, Nina Fernandes, Saulo)

  8. Desculpa (composta por César Lacerda, Nina Fernandes)

  9. Por Onde Anda Você? (composta por César Lacerda, Nina Fernandes)

  10. Decididamente (composta por Nina Fernandes)

  11. Every Time We Say Goodbye (composta por cole Porter) – FAIXA BÔNUS

AMOR É FUGA: FUJA, por Nina Fernandes

“Quentin Tarantino tem razão quando ele fala que ‘todas as histórias do mundo já foram contadas’. Eu faço um adendo: acho que todas as histórias de AMOR foram contatadas primeiro. Mas também na opinião de Tarantino, a chave é tentar encontrar a SUA forma de explicar, de contar a história.

‘Amor é Fuga: Fuja’ traz o MEU olhar, a MINHA história. Ele é o disco que eu sonhei.

É importante lembrar que esse foi um disco que nasceu sob o signo da pandemia de Covid-19. E quando digo isso, eu me lembro  com tristeza daquela época, entre abril do ano passado e março deste ano, o pior período dessa catástrofe que ainda estamos vivendo, mas que, naquele momento, nos envolvia numa sombra de angústia, solidão, medo, milhões de incertezas. E isso, inevitavelmente, está impresso em todas as faixas desse álbum. Impossível não deixar o trabalho refletir esse momento tão doloroso de quase-apocalipse.

Ainda assim (ou talvez por isso mesmo) as canções são sobre amor. Muitos tipos de amor – como são 11 faixas, ainda sobraram 989 entre os mil que devem existir – mas amores vistos sob o meu olhar particular. Porque uma das coisas que nos faz ver amores no plural, em tantas formas e disfarces, é justamente a visão particular que temos dele, o amor único, icônico: O AMOR, assim, com letra maiúscula.

Por isso, compor ou produzir durante uma época tão louca como a que estamos vivendo, também foi tão transformador para mim. Nós, como civilização, nunca mais seremos os mesmos: e espero que a gente mude para melhor. E eu, como artista, nunca mais serei a mesma também: espero que a minha fuga através do amor, com esse disco, seja um documento memorável disto. Se entender no amor faz parte do nosso processo de amadurecimento como seres humanos, é uma parte muito importante do nosso autoconhecimento. Este álbum também é um convite para que as pessoas se entreguem e também passem por isso.”

Nina Fernandes: Nina tem 21 anos e é uma das maiores apostas da nova cena da música brasileira. Cantora, compositora e instrumentista, ela cria universos lúdicos e contemporâneos através de letras que são ao mesmo tempo doces e profundas. Aos 6 anos, Nina começou a estudar canto e, em seguida, instrumentos e começou a compor. Aos 16 anos lançou seu primeiro single pela Sony Music. Aos 17, pela Som Livre, gravou seu álbum de estreia e já viu uma de suas músicas ser selecionada para compor a trilha de uma novela da Rede Globo. “Cruel”, tema de “Tempo de Amar”, acabou executada em rádios de todo o Brasil e hoje ultrapassa a casa dos 20 milhões de streamings: mais de 14 só no Spotify. “Beijo”, outra de suas canções, também foi tema da série Malhação, da TV Globo.

“Você Vai Gostar de Mim”, primeiro single do novo álbum de Nina, ganhou uma excelente repercussão do público e crítica e conquistou o 1º lugar entre as mais músicas tocadas em rádios de todo o país. O clipe da faixa já ultrapassou os 481 mil views no YouTube.

Para compor as novas canções de trabalho, Nina buscou referências em alguns dos maiores nomes da música folk, indie folk e indie rock da atualidade. Ela conta: “Minha cantora favorita e inspiração durante as gravações deste novo álbum é a Phoebe Bridgers. Ela, Bon Iver, Sylvan Esso e Sufjan Stevens não saem das minhas playlists. E a sonoridade deles é minha conselheira.”

Advertisement