Categories: Música

Neguinho da Beija-Flor faz live no dia do aniversário, esta segunda (29)

Que Neguinho da Beija-Flor é nota 10, ninguém tem dúvida. Mas a festa de aniversário do intérprete da escola de samba de Nilópolis será especial para muito mais gente. A primeira live do artista durante a pandemia de coronavírus será nesta segunda-feira (29), a partir das 18h, no YouTube, dia em que Neguinho completa 70 anos. Serão sorteados dois prêmios de R﹩ 10 mil para quem participar da transmissão, com destinação de recursos para os projetos assistenciais de apoio a crianças com câncer da Casa Ronald McDonald. Tudo isso graças a parceria do artista com a CAPEMISA, que vai lançar no evento o ‘Ajudalive’,plataforma digital de viabilização de transmissões ao vivo de todos os portes.
A apresentação será de ninguém menos que o amado Milton Cunha, que fará a interação com o público e o sorteio dos prêmios. O ‘Ajudalive’ é um título de capitalização da modalidade filantropia premiável. Por apenas R﹩ 10, o público da transmissão de Neguinho da Beija-Flor poderá concorrer a R﹩ 10 mil para quem acertar as 10 dezenas do título e outros R﹩ 10 mil para dividir por quem fizer menos pontos. Além disso, a cessão dos resgates vira recurso para as ações da Casa Ronald McDonald. Sem dúvida, uma ação Nota 10.

Ajudalive – Produto exclusivo da CAPEMISA Capitalização, foi criado em parceria com a empresa de tecnologia I9 & Re9 para a viabilização comercial de lives de qualquer porte. Solução multiplataforma atrelada à legislação dos títulos de capitalização vai remunerar artistas, instituição de apoio social e dar prêmios ao público.
“Esse é um produto 100% digital. Buscamos uma empresa que já possuía a expertise e confiabilidade técnica para desenvolver a tecnologia multiplataforma e dos sorteios. Empresa que já executa com sucesso o nosso principal produto para o mercado do Rio de Janeiro, que é o título de capitalização RJ da Sorte, que entrega a maior premiação do mercado local. Assim, depois de virar moda em todo o mundo, as lives poderão ser viáveis economicamente para artistas de pequeno e médio porte, que receberão remuneração pelas suas apresentações por meio do produto, sem perder a característica fundamental dessa modalidade, que é a destinação de recursos para entidades que desempenham importante ação social, sobretudo nesse momento de maior dificuldade econômica do país”, destaca Márcio Carvalho, diretor de Capitalização da CAPEMISA
Legislação – A operação dos títulos de capitalização é autorizada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), órgão vinculado ao Ministério da Economia, que legisla e fiscaliza a garantia da destinação dos recursos para entidades de assistência social.
Gustavo Neves

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: contato@portalpopcyber.com

PUBLICIDADE