Categories: Música

“Não sei viver sem ter você”, clássico do CPM22, é a nova releitura do MAR ABERTO

Já imaginou as vozes doces e complementares de Thiago Mart e Gabriela Luz, que embalam nossas canções preferidas de amor, dando vida a um dos maiores sucessos do rock nacional? Se não, prepare-se para se surpreender e conhecer uma versão única e totalmente apaixonante de “Não sei viver sem ter você” no #TBT desta semana. MAR ABERTO acaba de revisitar o hit do CPM 22. O videoclipe, que foi gravado em estúdio, também já pode ser visto. Assista:

A canção faz parte do projeto “Referências”, que vem revivendo grandes sucessos da música brasileira e, principalmente, músicas que fizeram parte da vida do duo. Apresentada de forma nunca vista antes, com toque intimista e tocante, “Não sei viver sem ter você” vem para confirmar que a sonoridade única do M A R é fruto de muita bagagem, conhecimento musical e união de estilos. Nesta nova versão, a canção que despertava um amor intenso e agitado em sua melodia original, agora passa a sensação de uma paixão profunda e emocionante.

Essa foi uma das primeiras opções de versão que a gente pensou. Ela marcou muito a minha adolescência e também foi muito importante para o Thi, em momentos diferentes, mas nos marcou demais. Quando o Thi começou a tocá-la no violão e a gente começou a cantar, sabe quando a versão fica muito diferente da original? Porque a original é um rock, pesado, mas ficou tão diferente que a gente quis trazer essa sensação para o público de pensar: ‘Nossa! Eu conheço essa música, mas de onde? Está tão diferente …’. Essa é uma música com letra incrivelmente tocante e a gente quis fazê-la em uma versão bem MAR ABERTO, bem diferente da versão do CPM, mas que trouxesse essa sensação de nostalgia, mas ao mesmo tempo a ideia de que é diferente, que é coisa nova”, conta Gabi Luz.

Quando eu era adolescente, tinha uma banda que sempre tocava as músicas do CPM 22. Nos ensaios, como a banda era de rock, todo mundo tocava muito alta e sobrava para mim no vocal tentar me escutar. Acho que todos esses aprendizados me fizeram querer fazer um som que eu me escutasse e, depois de algumas tentativas, surgiu o MAR ABERTO. E agora eu tenho a oportunidade de cantar uma música que eu gosto muito, que adorava cantar, mas dessa vez me escutando, por conta do arranjo que é diferente, mais simples. Então, é um momento muito especial, além de ser uma canção que fez parte da minha geração com muita força e me fez muito feliz em muitas tardes depois da escola”, completa Thiago.

Além da faixa, MAR ABERTO também já deu nova vida e roupagem para “Quero te encontrar”, “Sentimental”, “Tem que valer”, “Telegrama” e “Corcovado”, que também estão disponíveis em todos aplicativos de música e no YouTube.

Gustavo Neves

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: contato@portalpopcyber.com

PUBLICIDADE