Murilo Reuter, do projeto Locomotive, e Marcus Bessa lançam o single “Te Virar”

“Te virar” é um pop acústico que reúne os artistas Murilo Reuter, do projeto Locomotive, e Marcus Bessa. O trabalho lançado nesta sexta-feira (27) aborda a diversidade das mulheres independentemente do gênero, cor e etnia, destacando a força, determinação e o empoderamento feminino.

Dessa forma, a união de dois artistas diferentes gera resultado único, embalado pela forma distinta de cada um dos artistas cantar. O pop melódico traz em sua letra uma reflexão sobre a relação entre o mundo masculino e o feminino.
A faixa, chega acompanhada de videoclipe, com estreia agendada para este sábado (28).

“Ao longo dos anos as mulheres conquistaram o seu merecido espaço em todos os setores da sociedade, particularmente achamos as mulheres muito mais evoluídas que os homens em todos os aspectos, mesmo assim ainda vivemos em um mundo machista onde o crime de feminicídio se encontra com as maiores taxas, principalmente nesse tempo de isolamento da pandemia. Então a ideia foi apresentar dois personagens masculinos cantando para todos os tipos de mulheres, etnias, cor, gênero, por isso rola essa troca de mulheres no movimento da câmera que mostram a diversidade e para que elas se sintam importantes e reverenciadas como de fato são, é uma reafirmação em total respeito pelo gênero feminino”, explica Murilo Reuter.
Trazendo ao trabalho a experiência de Marcus Bessa, conhecido por seus trabalhos como ator e dublador. Agora, o artista explora sua voz com o lançamento.

“Antes de entrar pro teatro e TV, eu comecei no canto, com 11 anos de idade, quando eu fui cantar no Programa Raul Gil, foi lá que eu me apaixonei pela música. Hoje, eu sinto muito mais necessidade de estudar música do que interpretação pra TV, por exemplo. A música me exige mais preparo, estudos, e um repertório mais completo.”, revela Marcus.

Murilo, do projeto Locomotive, conta como a faixa surgiu:

“A gente se conheceu através de uma amiga em comum que nos apresentou no período em que o Marcus estava no Rio gravando uma novela e ali nasceu uma amizade que se fortaleceu principalmente quando começamos a gravar juntos no estúdio, após isso rolou uma química musical que se fortaleceu principalmente nos últimos meses”, explica.

Segundo o cantor, a música teve seu início quando ele estava em estúdio com o produtor Daniel Perim, que assina o trabalho.

“Nasceu de um riff de violão em janeiro deste ano, eu estava com o Daniel Perim que é o produtor musical deste trabalho, mostrei a ele a idéia, escutamos o trabalho musical do Marcus e tentamos criar algo que captasse a essência dos dois artistas, acho que conseguimos, pois, o Marcus não conseguiu esconder a emoção quando ouviu a música pela primeira vez, ele logo se identificou e ficou super entusiasmado se entregando de corpo e alma nesse trabalho. Essa música eu escrevi com o Perim, criamos por primeiro a melodia do refrão e depois as outras partes da música”, completa.

Belo homenageia Roupa Nova e regrava 3 grandes sucessos do grupo

Com pose de diva do POP, Vic Brow lança a romântica “Garrafas”