1. Home
  2. »
  3. Música
  4. »
  5. MC Rebecca fala...
in

MC Rebecca fala sobre empoderamento feminino e a gravação de seu primeiro disco em podcast da Deezer

1 pop cyber purple POP CYBER
(Foto: POP CYBER)

MC Rebecca, dona do hit “Cai de Boca”, é a convidada desta semana do Pop Story, podcast exclusivo da Deezer, apresentado por Zeca Camargo, com a proposta de conversar sobre detalhes de suas músicas, início da carreira e seus maiores desafios

O papo com a cantora já começa com ela revelando curiosidades sobre como conheceu Karol Conká, artista com quem divide os vocais de “A Preta é Braba” – música que recentemente ganhou uma versão em clipe. A MC comenta que o primeiro encontro aconteceu durante a gravação de “Nossa Que Isso”, de WC no BEAT, e que já era uma fã da curitibana, mas foi a partir de outros trabalhos que ambas começaram a se aproximar. Sobre a letra, a fluminense destacou sobre o quanto gosta de cantar músicas que passem mensagens empoderadoras para o público feminino. “Eu gosto muito de tratar isso nas minhas músicas porque a mulher antigamente sempre foi ‘presa’ na hora de falar sobre o que ela sente vontade ou o que ela quer. Então, as minhas músicas, querendo ou não, sempre levam pra esse caminho. Acho que ajuda outras mulheres a se libertarem e falarem o que elas querem e o que elas pensam”.

A artista também dividiu com Zeca que seu lado feminista e musical tem fortes inspirações em artistas nacionais e internacionais como Elza Soares, Valesca Popozuda e Nicki Minaj, reforçando que seu universo é composto pela participação de muitas mulheres fortes que deixaram um legado para que ela também pudesse cantar. Dentre todas as presenças femininas na sua vida, a cantora destaca como principais a da sua mãe, Cristina, e a da sua irmã, Adriana, responsáveis por sua criação desde seus 11 meses.

Quando o assunto foi sua carreira, a funkeira lembrou que ainda há muita aversão com as suas músicas, “as pessoas não estão acostumadas a ouvir o que eu canto, elas ficam um pouco assustadas e ainda tem muito preconceito com o funk, mas a gente vai desconstruindo aos poucos e dando um passo de cada vez”.

A artista ainda contou sobre seu prazer em apostar em diferentes estilos musicais e se inovar constantemente, “antes de ser funkeira eu sou artista, então eu acho que a gente tem que ter essa liberdade de buscar outros meios musicais e conhecer outros estilos. O artista tem que estar preparado pra tudo e para criar um legado tem que estudar bastante e fazer o que sente vontade”.

Rebecca ainda fala sobre os desafios em conciliar o início da carreira com a maternidade. De acordo com a funkeira, o nascimento de sua filha Morena aconteceu em um momento no qual ela nem pensava em se aventurar pela música como cantora, mas sim como passista de samba. “Foi muito difícil porque eu tive que sair do samba. Eu quis criar minha filha e amamentá-la até que completasse um ano de idade. Quando ela fez um ano, eu comecei a cantar e foi muito difícil porque ela estava começando a andar e a falar, e eu, começando a viajar”. Contudo, a artista reforça ter tomado a melhor decisão de sua vida ao investir na carreira para dar melhores condições para Morena. “Toda minha vida sem minha filha não seria nada. Um filho dá uma força que vocês nem imaginam”, comenta.

Para atiçar seus fãs, a cantora já adiantou que gravou novas músicas e que uma delas conta com vocais de Morena. A MC ainda informou sobre o lançamento de seu primeiro disco que estava previsto para ser finalizado esse ano, mas devido à pandemia da COVID-19, precisou ser postergado. “Chega um momento em que um artista precisa preparar um álbum. Acho que talvez em 2021 eu venha com um forte”.

O Pop Story conta com episódios semanais, sempre às quartas-feiras, e traz os artistas mais quentes da música em um bate-papo sem censura e que vai muito além das vidas no palco e tem a produção assinada por Flora Paul, Non-Music Content Editor, e Bernardo Bassin, Artist Marketing Manager.

Ficou curioso? Clique aqui e descubra mais curiosidades sobre MC Rebecca.

Sobre MC Rebecca:

Rebecca começou sua jornada na música participando de batalhas de dança e competições de funk no Rio de Janeiro. Sua paixão pela dança e pelo ritmo contagiante do funk a levou a explorar também o lado musical desse gênero.

Seu primeiro grande sucesso veio em 2018, com a música “Cai de Boca”, que ganhou popularidade nas redes sociais e em plataformas de streaming. A partir desse momento, MC Rebecca começou a ganhar reconhecimento na cena do funk carioca e a atrair a atenção do público.

Com um estilo musical marcado por letras ousadas e ritmo dançante, MC Rebecca lançou uma série de hits que conquistaram o público, incluindo “Ao Som do 150”, “Supera” e “Sento com Talento”. Suas músicas são conhecidas por sua energia contagiante e pela fusão de elementos do funk com influências do pop e do reggaeton.

Além de sua carreira solo, MC Rebecca também colaborou com outros artistas renomados, como Anitta, Ludmilla, PK, Kevin O Chris e Pocah. Essas parcerias resultaram em colaborações de sucesso, ampliando ainda mais a visibilidade e o alcance de sua música.

MC Rebecca também é conhecida por sua atitude confiante e pela defesa da liberdade e do empoderamento feminino em suas letras. Suas canções abordam temas como autoestima, sexualidade e independência, refletindo sua personalidade autêntica e empoderada.

Além de sua carreira musical, MC Rebecca também tem se envolvido em projetos sociais, usando sua influência para apoiar causas importantes, como o combate à violência doméstica e a promoção da igualdade de gênero.

Com seu talento, carisma e presença de palco cativantes, MC Rebecca continua a ganhar destaque na cena musical brasileira. Sua música vibrante e autêntica tem conquistado fãs em todo o país, consolidando seu lugar como uma das principais representantes do funk contemporâneo.

1 pop cyber purple POP CYBER

“Swimming In The Stars”, de Britney Spears será lançado exclusivamente em vinil pela Urban Outfitters

1 pop cyber purple POP CYBER

Como o álbum “ARTPOP”, de Lady Gaga evoluiu de 2013 para 2020