Conecte-se conosco

Música

Mari Berardinelli fala sobre o quadro “Shippalizando”, da Ísis Produções

Publicado

em

maricota

A produtora carioca de audiovisual independente, Ísis Produções, tomou novos rumos desde o inicio de 2020. Com mais de 38,9 mil inscritos no canal e cerca de 3 milhões de visualizações gerais, o quadro “Shippalizando”, que aborda sobre filmes, séries e casais LGBTQ+ queridos no mundo da internet, é uma das novas apostas da Ísis Produções. Os vídeos são protagonizados por uma das proprietárias da produtora, a diretora, roteirista e criadora de conteúdo Mariana Berardinelli. A assunto do último vídeo foi o fenômeno The Stripper.

Juntando a vontade de falar sobre os casais e produções do mundo LGBTQ+, com o desejo de desenvolver mais conteúdos, a criadora idealizou o projeto. “Meu objetivo com o shippalizando é me divertir. Falar do que gosto. Conquistar meu público. O público de Me Espera, é o público de Me Espera. Eu era apenas a roteirista e diretora. Agora estou tendo a chance de mostrar quem é a Mariana. Mas eu percebi que tinha um canal com mais de 35k (na época ainda era isso) e que eu não usava. Tinha postado a série lá e ponto. Como eu sempre quis ter um canal, onde eu pudesse falar sobre os assuntos que eu gosto, resolvi tomar coragem e colocar minha carinha lá Hahahahah. Hoje em dia ‘shipper’ é uma coisa que está super na moda, principalmente no universo LGBT. E existe muita obra legal pra ser falada”, afirma Mariana.

Confira o teaser do quadro:

https://www.youtube.com/watch?v=FFwdXSg0mds

Toda semana um novo vídeo é publicado. Ou seja, a cada semana a criadora fala sobre um casal de um produto audiovisual diferente. E, buscando por assuntos do momento, “The Stripper”, websérie produzida pela Ponto Ação Produções, que está sendo exibida durante esse período de quarentena, foi o foco do vídeo publicado no último dia 10. A trama é uma das maiores webséries LGBTQ+, que acumula uma marca de mais de 12,4 milhões de visualizações e fãs espalhados por todo o mundo.

“The Stripper, além de ser produzido por amigos pessoais meus, é uma série que tenho muito carinho. Lembro da Natalie indo lá em casa contar como seria a produção da série, quando ainda eram só ideias. E pretendo falar de novo. Em breve terá outro vídeo”, conta Mariana.

WhatsApp Image 2020 04 12 at 21.54.43

Rodrigo Tardelli, Mariana Berardinelli, Priscilla Pugliese e Natalie Smith (Fotografia: Divulgação)

Baseada no suposto relacionamento das cantoras Camila Cabello e Lauren Jauregui, e tendo tido estreia da primeira parte em outubro de 2019, a trama conta a história do envolvimento da empresária Lauren Pugliese, interpretada pela atriz Priscilla Pugliese, com uma stripper da boate Imperium. Lauren fica encantada ao ver uma apresentação e começa a frequentar a boate e se relacionar com Karla, nome da dançarina que não revela o rosto, e nem a real identidade, a qual é interpretada por Natalie Smith. Mariana ainda conta um pouco mais sobre a série no vídeo.

O vídeo falando sobre The Stripper já alcançou mais de 2 mil visualizações. A criadora de conteúdo comenta sobre esse resultado: “Está sendo o maior retorno do quadro até agora. As fãs das meninas são muito apaixonadas. Então já esperava por isso”, diz.

Assista também ao vídeo:

Assim como “The Stripper”, outras séries, filmes E novelas tem buscado dar essa voz à comunidade LGBTQ+ de alguma forma. Trazendo abordagens diferentes, como uma retratação natural ou não, o “Shippalizando” conta um pouco mais sobre esse universo. “A gente precisa dar espaço para o público LGBTQ+. Eu acabo falando mais de casais lésbicos por identificação. Mas é um público que consome muito e com conteúdos extremamente limitados e com esse governo ficamos ainda mais. A melhor forma de melhorar as coisas, de deixar de ser tabu, de acabar com o preconceito, é falar sobre! Estamos sempre lutando pra mostrar que existimos. Então, já que eu tenho um espaço com quase 40 mil pessoas, eu vou usar para esse público. Que tem um potencial gigante, inclusive”, completa Mariana.

E, para apresentar cada vez mais conteúdos diferentes no quadro, a criadora de conteúdo afirma que já tem novas ideias de assuntos para os próximos vídeos. “Quero focar mais em novela agora. Sou a maior noveleira que existe e até hoje não gravei sobre novelas. Então, os próximos vídeos serão sobre isso”, aponta.

Jornalista formada, trabalha na área desde 2017. E-mail: [email protected]

Publicidade