Connect with us

Música

Luana Granai celebra lançamentos e apresenta último single do ano

Published

on

FOTO00023 a

“Eu que achava que o auge da minha carreira seria o The Voice, não esperava por esses ‘casamentos’ que o ano de 2021 me trouxe”. É assim que a cantora e compositora Luana Granai resume o ano de trabalhos que está se aproximando do fim. Prestes a lançar “Efeito”, seu último single inédito de 2021, na última sexta-feira (29), a artista relembra e celebra os primeiros passos da carreira autoral.

Confira a faixa:

“Comecei com o pessoal do Siga o Som, da Periferia Invisível, lançando ‘Meu Jardim’ e, depois, houve essa junção maravilhosa com o selo Moringa Fresca, pelo qual venho lançando minhas canções. O meu produtor musical, Jeff Pina, conseguiu me ler desde o começo, abrindo caminhos e dando novas palavras pro meu vocabulário musical, que até então era suprimido”, comenta.

NOVO SINGLE 

Depois de passar pelo folk de “Sair Por Aí”, a docilidade e a levada mais MPB de “Acalanto”, Luana mostrou seu R&B e Soul de forma intensa em “Flores Mortas”. “Agora, com a ‘Efeito’ a gente crava uma assinatura. As anteriores destrincharam o caminho da Luana Granai no autoral”, afirma. 

Também intensa e sensual, “Efeito” chega nesta sexta-feira (29) com o objetivo de mexer com a paixão e o desejo. “Essa é uma música densa e intensa. Será legal ver as pessoas conhecerem esse meu lado. Aproveitando do arranjo, essa música tem pontos de silêncio e voz que causam uma sensação de que está sendo cantada ao pé do ouvido”, adianta a cantora que assina a composição com o artista Raphael Ota.

SURPRESAS

A produção não ganhará um clipe imediatamente. A ideia é sentir o impacto da música e guardar algumas surpresas. “O clipe virá um pouco depois. Queremos saber as concepções das pessoas a respeito do som pra depois entregar o material visual”, diz e garante que, além do clipe, outras novidades ainda serão apresentadas pelos próximos meses.

BALANÇO

Semifinalista do global The Voice Brasil 20, Luana dedicou 2021 a fincar sua presença no cenário musical. “Para mim, este foi um ano de destravamento. Sai do lugar da interpretação pra compor e produzir. Senti o sabor da minha arte, da minha música”, define a cantora que apresentou neste ano canções que estarão em seu primeiro álbum com previsão para 2022.

“Eu estou muito feliz com esses lançamentos, porque eles conseguiram desenhar muito bem o tipo de artista que eu sou e o quanto ainda posso ser. Eles entregam e sugerem coisas, abriram os horizontes pra mim”, finaliza.

Advertisement