LETRA: Poesia Acústica #14 (Pineapple)

Poesia Acustica 14 Pineapple POP CYBER
(Capa)

Salve, Malak
Eu vou te falar que eram horas iguais, tipo aquela do WIU
Eu e ela no pôr do Sol
Vai saber se ela quer pôr meu nome na bio
A cantada era 10/10
Só que, na hora, as palavra sumiu
Foi aí que eu lembrei do R10
Então acho que
Quer namorar comigo?

Ela diz: Talvez, eu falei: Brinca não, ei
Vamo de casalzin, pô
Ela: Aham, eu: Hum, sei
Riu e se fez de boba
Tirou minha marra toda
Depois eu vi que ela pôs na bio: Cesar MC
É que hoje os cria quer falar de amor e o que que tem, né?
Você chegou e agora eu vejo tudo diferente
Deixa eles pensar que é caô igual Naldo Benny
Andar vivendo a história enquanto eles falam da gente

É que ela é tão dela
Ela é tão dela, mas sempre pede que eu chame de minha, ai, ai
Na minha favela, eu conheci ela, era minha vizinha, aham
Quando ela vem, me traz o que nenhuma faz
É que ela é tão, tão, tão

É que ela é tão dela
Ela é tão dela, mas sempre pede que eu chame de minha, ai, ai
Na minha favela, eu conheci ela, era minha vizinha, aham
Não importa quem fala (fala)
Igual Vini, nós baila (baila)
E, pra cada fofoca, nós sobe uma taça

[MC Ryan SP]
Eu vou te levar pra dar um rolé no Aruã
Se tu me contar qual seu nome no OnlyFans
Cê vai se aventurar na minha Ferrari do ano
Eu vou acelerar
Tá sabendo?

Que a revoada ainda existe amor
Porém, depende
Se quiser buquê de flor, só aqueles que sobe pra mente
É que tá tudo recente
Acabei de terminar e, tu sabe, eu não quero me magoar
Se é que cê me entende
Nosso lance problematizou, que merda, amor
Se um quer, dois não dá flor, eu revoei, tu revoou
E já que tu superou, conseguiu curar sua dor
Não tem greve pro amor, cê moscou, o tempo passou

Sei que guarda momento do nosso passado
Ainda tem minha foto na sua galeria
A joia brilha no peito do preto, pois é, gata, não é mais bijuteria
O bicho pega no Baile da Roça, quer tomar coça e convida a amiga
Que vem do outro lado da cidade só pra ver fuzil e fazer vídeo da vista
Existe amor na rua do RJ
Tubarão nada a ver no Poesia
Igual essa paty no colo do preto
Ó, que ele nem vem de família rica
Tive que ver como ela rebola
E quando rebola, essa mina me instiga
E quando me instiga, ela fica maluca
Fala que é amor, mas só ama minha

Eu vou te levar pra dar um rolé no Aruã
Se tu me contar qual seu nome no OnlyFans
Cê vai se aventurar na minha Ferrari do ano
Eu vou acelerar (acelerar, acelerar)

[Lourena]
Você mente toda hora, finge que vai embora
Qual sua pretensão em fazer isso logo agora?
Eu não te mereço, isso não tem preço
Qual sua intenção em me tratar de qualquer jeito?
Já são cinco pras dez da manhã, você vem procurar
Quem sou eu na sua lista de espera? Onde você tá?
Quando eu precisei de ti, você resolveu mudar
Eu sou quem você realmente ama ou você quer me usar?
Ah-ah-ah

Depois não reclama quando sentir minha falta
E ligar pra mim (sei que vai ligar pra mim)
Você tem mania de achar, por simpatia, que é fácil assim
Você tá metendo o louco, né? Tá achando que eu sou quem?
Tá achando que eu sou tua? Baby, eu sou de ninguém
Pode descer o rosé que hoje eu vou comemorar
Esse otário não é pra mim, paga pau pra vacilar

Sei que você vai pensar em mim
Quando essa aqui tocar
É só você lembrar
Quem é a morena que lançou a braba
Sei que você vai pensar em mim
Quando essa aqui tocar
É só você lembrar
Quem é a morena que lançou a braba

[Major RD]
Aê, Malak
Essa aqui vai pros amigo e pras mulher
Na relíquia do MC Tevez
Pampa, parara-pati-papapa, todo mundo
Pampatipampam, só os amigo
Pampatipa, ah

Meu maior medo era se apaixonar ou
Demonstrar sentimento pra alguém
Logo eu que sempre te avisei que o bagulho é sexo e love não tem
Mas, demorou, vai pedir pra eu ficar ou
Vai dizer que ainda gosta de alguém?
Melhor daqui esperava a passagem abaixar
Eu não espero, eu embico de trem
Toda linda, cheia de marra, cai no conto do vigário
Igual jogo de carta, eu curto
Mas se eu perco, eu juro que embaralho
Cê faz birra, mina, eu te domino sem embalo
E com carinho e afeto eu digo
Eu domei meus seis cavalo
Eu te pedi pra ficar, você disse que eu não merecia
Igual criança chamando atenção, pô, me dava agonia
Lembro da gente fazendo comida, brincava e sorria
Não sou seu, só que meu som fala o que eu não falaria
Tu me procura porque eu te ofereço perigo
Meu anjo, e já sei que tu gosta
Mó patricinha, vestiu minha camisa com foto de urso e meu nome nas costa
Faz TikTok dançando de frente, marca meu Insta que eu sempre reposto
Perco a postura de gang, meu sangue até ferve se tu chega perto e me encosta

[Derxan]
E se hoje eu te ligar, é melhor tu não atender (caixa postal)
Já separei tuas coisas, não consegui devolver
Se quiser, tu vem buscar
Sabe, eu vou te receber
Tudo aquilo pa falar
Tanta coisa que eu queria dizer

Já nem sei mais o que tu pensa da vida
Dando ouvido pra essas amigas
Que contam neuroses pa encher cabeça
Sabe, no final, só mentira
Filha da puta, tu é louca e linda
Com cara de brava tá mais ainda
Olha pra Lua, hoje o céu estrelado tira o teu estresse, calica

E se eu chego tarde é porque no trabalho eu tenho uma função
E se eu largo o trabalho e no fim do mês tu não vai pro salão, não

[Lourena]
Se tu larga o trabalho, tu vai passar fome, comer na minha mão
Eu não preciso de homem pra porra nenhuma, tenho profissão

[Derxan]
E a saudade bateu, foi que nem maré
Tu sabe como é que é
Lembra da foto no Close que tu me mandou quando eu tava no Jacaré?
Tu fica feliz se na minha cama deita
Sabe, se eu peço, deixa
Eu tenho a receita
Tudo volta ao normal ouvindo Várias Queixas

[Derxan e Lourena]
Eu vou te encontrar pelo baile de manhã
Eu vou tá por lá
Meus amigo e meus irmão quer se aventurar
Dar um dois no meu balão
Uber vem buscar
Tu vai dormir na minha mansão

[WIU]
Parece até ironia
Querer viver um amor no século da putaria
Esse meu coração de gelo que não derretia
Hoje corre perigo nas garras de uma felina

Como você consegue entrar na mente do bandido?
Fazer tudo aquilo que nenhuma outra fez
Essa malvada jogou minha postura no lixo
E olha que eu já tava segurando a mais de um mês
Então cola lá em casa, fica até mais tarde
Tá meio bagunçada, eu espero que não repare
Amanhã é segunda-feira, desativa o seu alarme
O meu luxo é freezer cheio, o dela é bolsa da Versace

Telefone toca, tentações na minha DM
Mas nenhuma dessas eu sei que vale a pena atender
Eu roubei tua paz e tu roubou minha atenção
Então eu não vou estranhar se tu quiser me prender

Ai, eu não tenho iate
E na minha rua, de noite, os cachorro late
Mas eu sou desenrolado, nega, você sabe
Nem precisou de muito pra você sentir saudade da loucura

E eu que era guiado à luz da Lua
Hoje eu prefiro Sol e a culpa é tua
Depois que a luz apaga, o mundo é nosso
Gelo no meu copo, a nossa saga continua

Ai, eu não tenho iate
E na minha rua, de noite, os cachorro late
Mas eu sou desenrolado, nega, você sabe
Nem precisou de muito pra você sentir saudade da loucura

[Djonga]
E eu fui de um degrau por vez, a um milhão por mês
Ficar igual Galvão, olha o que ele fez
Vida de saque é sua, eu nem pensei duas vezes
Corri atrás do meu e agora haja coração pra caber tanta ex

Vivendo sonho de todo vagabundo
Corte na trena, cara de puto
Trabalhando a mente, quem corre é a bola
Romário, só empurro
Ainda que eu ande com a verde no bolso
Marra e postura é de um mano maduro
Ainda que eu ande no vale das sombras
Deito o inimigo na bala ou no murro
A vida tá ruim, trata de olhar por cima
Pra ver que é questão de ponto de vista
Chama a amiguinha que eu pego de lado
Diz que não é questão de ponto de vista
Ela pergunta: Por que tão fechado?
Passa do triste, marca de pista
Pede assim: Vai, pitbull enraivado
Essa danada gosta de pica

Tão completo que em mim não falta nem defeito
Cês tão pela metade porque não têm a qualidade
É o justo que me guia, ando certo mesmo no escuro
Tu só ouve seu ego e se perde até na claridade

Se quer ver um pôr do Sol bonito, liga pro Djonga
Quer ver um Sol nascer pelado? É com o Gustavin
Fugir do almoço de domingo, viver de onda
Se amarra 200 por hora na Lamborghini
Dei quatro, Titanic afundo, eu toco com a banda
Te encontro em outras vidas, nós dois não tem fim
Quanto maior a luz, gata, é maior a sombra
Por isso eles perseguem
Era pra nós trampar em lava-jato, mas tamo é rodando em jatin

E aí? Pensa em mim
Que eu vou te chamar pra fuder, só me diz
Se amanhã vai dar pra se ver, vem deitar
De conchinha e fazer planos pra eu te lembrar
Nós não presta, mas te amo
Pensa em mim que essa noite vai ter rolê, tô pra ir
Mas só se tu não atender, vem deitar
De conchinha e fazer planos, se não brotar
Juro, nunca mais te chamo

[KayBlack]
Eu sinto muito, mas não dá
Pra admitir certas parada e consentir
Também não é a minha cota evitar
Se começou nos afetar, melhor partir

Mas sei que eu vou superar
Espero que fique bem
E que encontre alguém que te faça feliz
Mas também não vou complicar
Pensar em ficar, brigar, xingar
Como cê sempre quis

Eu tô saindo fora
Eu voltei pra rua, me esquece
Atenção pa quem merece
Surta, enlouquece e desce atrás de mim no baile
Hoje eu que chuto o balde
Só não me pede pra ser minha prioridade
Tô contando a verdade, reparei nos detalhe
Ficou em cada detalhe
Eu alimentando meu ego, não nego
Que eu tava melhor só, mas só pensando em nós dois no quarto
A sós, lençóis, marcas de vestígio do que fez, oh
Ai, se as paredes falassem

E na madruga, ela só na disputa
De encontrar alguém melhor que eu
Também vou sair na procura
De encontrar uma filha da, hah
De encontrar outra mina maluca
Nossa história resume em quem pega mais, quem transa mais
Quem pode mais, chorar menos, amor

Eu sinto muito, mas não dá
Pra admitir certas parada e consentir
Também não é a minha cota evitar
Se começou nos afetar, melhor partir

[Gloria Groove]
(Gloria Groove)

Chamei você aqui pra gente conversar
Coisas do coração melhor pessoalmente
O sentimento não dá mais pra segurar
Dessa vez nossa história vai ser diferente (vem)

Éramos dois, eu e você
Vítimas de um insensato prazer
Tudo de bom te conhecer
Cê é bem mais bonito que pela TV
Tem pouco tempo pra falar de amor
O pouco que eu sei foi você que ensinou
Meu compromisso, não vou, a mãe cancelou

Pior que esse vagabundo sabe que é gostoso, por isso que é foda
Sabe tirar a bonequinha de dentro da caixa e sair dando corda
Não seria um problema se esse teu beijo não fosse tão bom
Agora vai lembrar daquela noite toda vez que ouvir esse som

A gente pode dar um dois e ficar até às três
Do nada, eu fiquei de quatro, olha o que você fez
Todos meu cinco sentidos já se tornam seis
Sete chaves, cê abre as portas todas de uma vez

Baby, no meu faz de conta a gente se encontra
Se beija e se entrega, nossa liberdade
Lá no céu da boca, estrelas nos olhos
As ondas e um mar de possibilidades

Te acordo ao meio-dia enquanto bate uma ventania
A gente vai do Rio pra Bahia
Nosso amor é só poesia
Te acordo ao meio-dia
Enquanto bate uma ventania
A gente vai do Rio pra Bahia
Nosso amor é só poesia


Poesia 14
Paz, amor, respeito e tolerância
Perseverança, fé e axé
Salve, Malak

gustavo mioto 1 e1687821075984 POP CYBER

LETRA: Melhor Versão (Gustavo Mioto)

capa Mitski POP CYBER

LETRA: Bug Like an Angel (Mitski)