in

Letra | Maria – Jão

jao capa super POP CYBER
Créditos: Gabriel Vorbon

Maria, eu sempre achei
Que algo indicaria
Mas foi em qualquer outro dia comum
Que você me deixou

Não sabia o que queria
Mas sabia que não estava aqui
Nessa cidade que te afoga
Mas como o fogo, precisava ir
Naquele novembro eu corri até a sua casa
Mas só encontrei sua carta
(E ela dizia)

Desculpa eu não consigo me amar
Do jeito que você me ama
E agora eu não posso mais voltar
A minha casa está em chamas
Eu precisava me deixar
Pra descobrir onde eu estava

Mas não é que eu me sinta mal
Eu só não sinto nada
Eu não sinto nada
Me deixa ir…
Desculpa eu não consigo me amar
Do jeito que você me ama
Babe I wanna be a star

 

Escrito por Gustavo Neves

Jornalista e empreendedor, atuando como CEO e fundador do POP CYBER. Curso Jornalismo na renomada Universidade Positivo, em Curitiba. Minha paixão pela informação e pela música me impulsionam a criar conteúdo relevante e impactante.

jao capa super POP CYBER

Letra | Sinais – Jão

jao capa super POP CYBER

Letra | Julho – Jão