Jão revela que não é triste como pensam e fala sobre Ivete Sangalo em podcast da Deezer

O convidado desta semana do Pop Story , podcast original da Deezer, é o cantor do pop mais dramático (no bom sentido!) do Brasil: Jão. Durante o programa, que é uma produção exclusiva da Deezer, Zeca e Jão conversaram sobre a recente parceria com Ivete Sangalo, as várias versões do artista e – claro – se ele se considera triste pra sempre.

Óbvio que o início do papo não poderia ser outro além da recente parceria com a rainha Ivete. Com “Me Liga”, Jão conta que realizou um sonho – e até passou mal de nervoso. “Quando a Ivete me mandou mensagem eu pensei: qualquer emoji que eu mandar precisa ser O emoji!”, conta, e complementa que, há 4 anos, imaginar cantar com alguém como ela, ainda era algo muito distante.

Apesar de não saber o que viria pela frente, Jão sempre sonhou alto e tem o palco como seu lugar favorito. “Sabe quando a gente assiste filme ou série e você percebe que aquilo não aconteceria na vida real, pois é muito cinematográfico? Quando estou no palco é esse sentimento que tenho, tudo muito cinematográfico, é o meu lugar, meu santuário, minha parada, o que sei fazer de melhor”, conta.

Quando questionado sobre a existência de “2 Jãos”, o das composições íntimas versus o Jão potente dos palcos, ele conta detalhes das suas personas: “Existem os dois. É uma coisa muito doida, sempre me abri muito na música, fui uma criança mais artística, no meu mundo, introspectivo. E a música foi minha válvula de escape pra me entregar. Começou na composição, tocando violão, e quando subi no palco pela primeira vez foi quando senti que estava 1000% confortável. É um outro Jão, mas ele sou eu”, diz.

Zeca não deixou de fora a pergunta que todos querem saber ao ouvirem suas músicas: “Você é um cara triste?” A resposta foi direta: “Nunca planejei fazer músicas tristes, fazia músicas do que estava rolando. A maneira como me expresso é um pouco mais dramática do que o usual. Mesmo minhas músicas mais felizes, as pessoas recebem como uma música emocionante, a galera chora no show ouvindo. Pode ser minha voz, a forma como me expresso”, sugere.

Pra finalizar, a pergunta: “Para Jão, o que é o refrão perfeito?” E ele revela que é o que liberta quando canta ou ouve. “Quando junta a melodia e a letra, é quando tudo explode e vira um grande refrão”, finaliza.

O Pop Story, que conta com episódios semanais, já apresentou entrevistas com artistas como Luisa Sonza, Vitão, Pedro Sampaio e outros. Vai ao ar sempre às quartas-feiras, e traz os artistas mais quentes da música em um bate-papo sem censura e que vai muito além das vidas no palco e tem a produção assinada por Flora Paul, Non-Music Content Editor, e Bernardo Bassin, Artist Marketing Manager.

Ficou curioso? Clique aqui e descubra mais sobre esses e outros segredos de Jão.

Written by Redação

Trazemos diariamente conteúdo original e informativo para o público que quer acompanhar, em tempo real, os acontecimentos no cenário do entretenimento nacional e internacional.

CHAMELEO grava clipe em São Paulo ao lado de Pabllo Vittar

Victor Chaves lança mais duas canções do álbum Projeto VC