Harry Styles rebate questionamento sobre bissexualidade: “Quem se importa?”

harrystyles theguardian 800x523 1

Em nova entrevista, para o jornal The Guardian, Harry Styles rebateu todos os questionamentos sobre sua bissexualidade, o álbum “Fine Line”, está levantando vários questionamentos entre o público geral, especialmente em relação a sua forma de vestir e aos conteúdos considerados “bissexuais” das letras das músicas, o cantor reafirmou que a sua forma de se vestir ou qualquer outra coisa que possa ser relacionado à sua sexualidade não é algo comercial para sua carreira.

Quando questionado se já haviam perguntado se ele era bissexual, Harry Styles respondeu: “Não é como se eu estivesse escondendo a resposta, e protegendo ela, e segurando ela. Não é um caso de: eu não estou te dizendo porque eu não quero te dizer. Não é: ooh isso é meu e não seu.”

“O que é então?”, questionou o entrevistador, ao passo que Harry apenas responde: “Quem se importa? Isso faz sentido? Quem se importa?”

“Eu estou salpicando pedaços de ambiguidade sexual para tentar ser mais interessante? Não. Em termos de como eu quero me vestir, e como o encarte do álbum vai ser, eu tendo a fazer decisões em termos de colaborações com quem eu quero trabalhar. Eu quero que as coisas se pareçam de uma certa forma. Não porque me faz parecer gay, ou me faz parecer hétero, ou porque me faz parecer bissexual, mas porque eu acho que parece legal. E mais do que isso, eu não sei, eu apenas acho que sexualidade é algo divertido. Honestamente? Eu não posso dizer que pensei muito mais além disso”, concluiu Harry Styles.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

11d18f51 f4ec 4bef ae08 738969adce20

Jottapê comemora um milhão de visualizações de “Paredão” no YouTube nas primeiras 14 horas

q6 typwp0ck

Now United lança clipe de “Na Na Na”