Grupo Semente e Simone Mazzer fazem show de lançamento de álbum em homenagem a Nelson Cavaquinho

Tudo começou com a ideia do Marcos Esguleba de fazer um show em homenagem a Nelson Cavaquinho combinando a melancolia do bamba, a intimidade do grupo Semente com o gênero e a potente voz de Simone Mazzer. O casamento deu tão certo que o projeto cresceu e virou um álbum completo, “Grupo Semente e Simone Mazzer cantam e tocam Nelson Cavaquinho”, a ser lançado no dia 31 de janeiro. O show de lançamento acontecerá, em duas datas: 04 e 05 de fevereiro, no Sesc Copacabana.

A mescla entre as referências de Mazzer, natural do Paraná e criada com rock, e as do Semente ocorreram de forma muito natural e se mostraram um encontro feliz. O show apresentará as canções gravadas no álbum, outras músicas do Nelson Cavaquinho e mais duas, fora do universo do homenageado, uma do repertório da Simone e outra do repertório do Semente.

O Grupo Semente completou 20 anos de vida em 2018. Sua história se mistura com a da revitalização da Lapa carioca onde começou a tocar samba, sendo um dos mais importantes agentes desse processo. Leva na bagagem o título de melhor grupo de Samba segundo o Prêmio da Música Brasileira de 2015, bem como parcerias com figuras importantes da música brasileira que vão de Paulinho da Viola e Teresa Cristina à Marisa Monte. É formado por João Callado (cavaquinho), Bernardo Dantas (violão de 7 cordas), Bruno Barreto (voz e percussão), Marcos Esguleba (percussão) e Maninho (percussão), que herdou o posto do pai, Mestre Trambique, um dos fundadores do grupo, que faleceu em 2016.

Já Simone Mazzer é reverenciada por sua voz, ousadia nas interpretações e facilidade de transitar por diferentes estilos. Em seu álbum de estreia, foi indicada ao lado de Gal Costa e Elza Soares e venceu o prêmio de cantora revelação no 27º Prêmio da Música Brasileira.

“Grupo Semente e Simone Mazzer cantam e tocam Nelson Cavaquinho” é o resultado do feliz encontro desses dois universos através de releituras de 14 músicas, entre elas 3 medleys, de obras clássicas selecionadas do mestre, maturados pelos shows previamente realizados que resultaram na fluidez da gravação do material.

Serviço:

• Local: Sesc Copacabana – Mezanino

• Endereço: Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana, Rio de Janeiro

• Data: 04 e 05 de fevereiro de 2020

• Horário: 20h

• Ingressos:

• Associado do Sesc: R﹩ 7,50

• Meia-entrada: R﹩ 15. Disponível para estudantes, menores de 21 anos e maiores de 60 anos mediante apresentação de documentos. Também haverá a meia-entrada solidária para aqueles que levarem 1kg de alimento que será doado para o Projeto Mesa Brasil do Sesc RJ.

• Inteira: R﹩ 30

• Telefone: (21) 2547-0156

• Horário de funcionamento da bilheteria:

• Terça a sexta: de 9h às 20h

• Sábados, domingos e feriados: de 12h às 20h

Written by Redação

Trazemos diariamente conteúdo original e informativo para o público que quer acompanhar, em tempo real, os acontecimentos no cenário do entretenimento nacional e internacional.

Bloco “Villa Country Pinga Ni Mim” faz esquenta antes de sair na avenida

Lexa lança funk com som do estouro da pipoca em parceria com Yoki