Connect with us

Música

Filipe Ret lança “Imaterial” com novo clipe e faixas inéditas

Avatar

Published

on

Filipe Ret
Capa de "Imaterial" - crédito da foto: Fernando Schlaepfer

Reafirmando sua versatilidade e inovação musical em mais de 10 anos de trajetória, Filipe Ret lança nesta quinta-feira (18), às 20h, seu novo projeto “Imaterial”. A produção conta com 5 faixas, sendo 4 inéditas. A música de trabalho é “F*F*M*” , single liberado no dia 26 de fevereiro, que teve mais de 1 milhão de visualizações no clipe em menos de 48 horas – atualmente já são mais de 7 milhões de views. “Imaterial” já está disponível nas plataformas de música pela Som Livre e sai acompanhado do videoclipe da faixa “WAR”, disponibilizado no canal do artista no YouTube às 20h30min da mesma data.

O conceito audiovisual do projeto aposta em uma unidade de linguagem potente, levando os fãs para uma experiência imersiva dentro do portal para o mundo “Imaterial”, criado por Filipe Ret. Além dos videoclipes de “F*F*M*” e “WAR”, as demais canções “Cobaia de Deus”, “Acende a Vela” e “Além do Dinheiro” chegam, também a partir das 20h30min, com music visualizers – um recurso inovador que apresenta recortes de vídeos online em uma espécie de webclipe – repletos de inspirações do universo trap. Com uma estética carregada de cores neon, transições, efeitos especiais e texturas, os vídeos inéditos contam com a direção de GIGS, da ProdByGigs.

Baseado na fé, Ret explica o conceito e suas inspirações: “O projeto representa o portal (presente na arte da capa) para o mundo imaterial. Mundo onde as coisas não são as coisas em si. Mundo dos bastidores deste mundo visível. A realidade é consequência do mundo imaterial. Os maiores desejos e os maiores sonhos são oriundos do nosso mundo intocável, do nosso imaterial. Ele rege tudo. Cabe a nós mantermos nosso mundo imaterial forte para concretizarmos nossas realizações. Esta força no mundo imaterial é o que chamamos no mundo externo de fé”, declara.

A faixa ” Cobaia de Deus” traz a participação da icônica MC Cacau, pioneira na cena funk nos anos 90. Com influências do funk carioca, a track fala de sonhos e reflexões particulares de Filipe Ret.

“F*F*M*”, o primeiro single de “Imaterial” a ser liberado, reforça a identidade do artista no trap, que se solidifica no lançamento do projeto. A faixa ganhou videoclipe, com direção de Cauã Csik, trabalhado no conceito de metalinguagem. Segundo Ret, o filme é uma viagem sensorial, que brinca com o mundo real e o mundo fantástico da arte. O lançamento também é uma resposta artística ao recente episódio no qual Ret recebeu voz de prisão por porte de cannabis – assista aqui .

“WAR”, por sua vez,é um trap que fala sobre guerra, mas sem perder a suavidade musical. A faixa ganha videoclipe junto ao lançamento de “Imaterial”. Dividido em quatro atos, o filme, comandado pelo diretor Gigs, intercala dois mundos marcados por opostos. Filipe Ret é o regente desses dois universos, onde sua existência e sua arte são conjuradas na exuberância e no caos.

Em ” Além do Dinheiro”, Ret fala sobre ambição material, conquistas e o que realmente traz felicidade para a vida. E na faixa ” Acende a Vela”, por fim, o rapper rima sobre amor, evolução e nobreza.

Após o lançamento bem-sucedido da trilogia de álbuns ‘Vivaz’ (2012), ‘Revel’ (2015) e ‘Audaz’ (2018), Filipe Ret apresenta em “Imaterial” mais um trabalho autoral de qualidade. O artista, que foi um dos primeiros rappers a apostar na melodia, sai mais uma vez de sua zona de conforto e reforça sua intimidade sonora com o trap, presente em seus trabalhos desde o início da carreira. Rimando experiências, relacionamentos e pautas políticas e sociais, Ret segue com sua essência marcante presente na lírica, nas mensagens e também na proposta audiovisual do projeto.

Com mais de 10 anos de carreira, Filipe Ret é um dos maiores nomes da cena do rap nacional e Top100 artistas do Spotify. Hoje com 35 anos, casado e pai do pequeno Théo, o rapper apresenta um trabalho mais inovador e maduro, sem perder sua personalidade de quando começou a compor no Catete e nas batalhas de rima na Lapa. É um artista que sabe se posicionar, está sempre em contato direto com o seu público e suas mensagens vão muito além de sua música. Ao falar sobre as expectativas para o lançamento, Ret se mostra confiante – “O lançamento de ‘Imaterial’ marca o início da minha melhor fase em todos os sentidos possíveis e imagináveis”, conta.

Advertisement