Connect with us
[the_ad id="42828"]

Música

Filipe Papi lança o EP “Vênus” pela Warner Music Brasil

Avatar

Published

on

Primeiro EP solo da carreira de Filipe Papi, “Vênus” traz a narrativa de uma noite intensa, repleta de encontros, romance e sensualidade. A obra será lançada nas plataformas digitais ao longo da semana do dia 27 de outubro, com uma faixa por dia sendo divulgada até o dia 31, distribuída pela Warner Music Brasil.
Além de Papi, que foi descoberto através das redes sociais em 2018, o projeto conta com a participação do rapper paulista Coruja BC1 em “Tipo Anitta”, da capixaba Budah em “Luzes Apagadas”, e de Késia Estácio, Killua e Aisha em “Vênus”, faixa-título, privilegiando a visão feminina das convidadas. Filipe Papi expõe seu talento sozinho em “Luz Neon” e “Uma Chance”, que fecha o trabalho com maestria, e conta com seu braço direito, o produtor Baficca, por trás de todas as músicas.

Advertisements
Advertisements
O projeto traz um conceito amarrado, pensado com cuidado pelo artista. Mesclando as diferentes simbologias que “Vênus” carrega, da mitologia à astrologia, Papi idealizou o EP como uma história que se passa em uma noite, e Vênus vem no formato de um motel, que é o pano de fundo para os episódios narrados em cada música. As letras ilustram a imagética do local, trazendo para a imaginação do ouvinte as os corpos entrelaçados sob as luzes neons, envolvendo de maneira sutil. O clima é de romance, conquista, esperança e novidade, exatamente como uma noite que toma vida e não se sabe aonde vai parar.
Filipe Papi diz que Vênus é onde tudo acontece: “o EP é como se fosse uma noite, tem picos. Eu quis fazer ele dessa forma para que a galera conheça meu trabalho, como eu penso música. A abertura, ‘Tipo Anitta’ é a faixa mais ousada, como quando tudo está prestes a começar, e vai seguindo com ‘Luz Neon’, que traz um clima sensual e um pouco mais explícito, com conquista. Em ‘Luzes Apagadas’ a menina é uma entidade, ela que guia os dois e ilumina o quarto com seu brilho próprio.
‘Vênus’ tem uma representatividade feminina na qual os três feats são mulheres e formam realmente a deusa Vênus que está no centro do projeto. ‘Uma Chance’ traz um clima de amanhecer depois de uma noite intensa, e serve como gancho para os tipo de trabalho que pretendo fazer no futuro”.

Advertisements
Advertisements

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisements