FIFA utilizará nova tecnologia de detecção de impedimento na Copa do Mundo de 2022

fifa 750x430 1
(Foto: Assessoria de Imprensa)

Fonte constante de reclamações dos times de futebol, as marcações de impedimentos não foram resolvidas nem mesmo após a implementação do VAR (arbitro de vídeo), principalmente no Brasil, onde o uso da ferramenta é questionado em cada rodada das competições nacionais.

Buscando uma solução para resolver este problema, a FIFA testará na Copa do Mundo de 2022 um novo sistema. Neste mês, a entidade máxima do futebol mundial anunciou que irá lançar durante a competição mais importante do calendário esportivo a tecnologia semiautomática de impedimento, também chamada pela sua sigla em inglês SAOT.

O novo sistema utiliza diversas câmeras para seguir os movimentos dos futebolistas, usando ainda um sensor na bola. Com isso, imagens em 3D serão expostas nas telas dos estádios, ajudando assim os torcedores a compreenderem o que está ocorrendo em campo. Os desenvolvedores do SAOT prometem que a tecnologia proporcionará decisões mais precisas e velozes do que as observadas nos dias de hoje com o VAR – apesar da ferramenta ter evitado erros enormes no Mundial 2018 e em diversas outras competições nos últimos anos.

A FIFA apontou que cada um dos estádios do Catar serão equipados com 12 câmeras capazes de rastrear 29 pontos de dados no corpo de cada atleta 50 vezes por segundo. Com isso, os dados captados através das câmeras são processados por uma I.A (Inteligência Artificial), que consequentemente traçará as linhas de impedimento em 3D, alertando posteriormente aos árbitros responsáveis pelo VAR. Já o sensor instalado nas bolas será responsável por fornecer dados relacionados a aceleração, tendo assim um “ponto de chute” extremamente preciso, o que ajudará a traçar a linha de impedimento com maior exatidão. “Embora essas ferramentas sejam bastante precisas, essa precisão pode ser melhorada”, relatou o líder do programa de arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina.

Resultado em poucos segundos 

O SAOT promete entregar os resultados relacionados a um possível impedimento dentro de poucos segundos, já que rapidamente um dos componentes da equipe de VAR poderá checar manualmente a linha criada através dos dados colhidos pelo sistema. Dessa forma, o árbitro responsável pelo VAR poderá alterar o juiz no campo. Ao todo, a ação deve levar de 20 a 25 segundos – enquanto isso, um lance semelhante atualmente leva 70 segundos. Agora, só resta aguardar até o início do Mundial para se ter ideia se a nova tecnologia realmente será eficiente como esperado.

Afetando o calendário de várias competições

  A Copa do Mundo do Catar é o evento esportivo mais aguardado deste ano. Uma prova simples disso é que, mesmo faltando mais de três meses para o começo da competição, os torcedores já podem realizar apostas na Copa do Mundo nas melhores plataformas de palpites em eventos esportivos do país, tendo ainda acesso prognóstico do torneio e direito a bônus e promoções exclusivos, que se bem utilizados lhe ajudarão a maximizar suas chances de sucesso.

Entre as muitas peculiaridades da edição do Mundial deste ano, está o fato de que ele será realizado entre outubro e novembro – ou seja, no outono no Hemisfério Norte. Sendo que, tradicionalmente o torneio é realizado durante o verão. Contudo, a organizadora do torneio, a FIFA, precisou alterar a programação por conta das temperaturas no país sede, que entre maio e julho ultrapassam com certa facilidade os 41 graus Celsius.

Enquanto isso, entre outubro e novembro, as máximas no Catar chegam apenas aos 26 graus, um clima agradável tanto para os torcedores quanto para os jogadores. No entanto, essa alteração na data do torneio impactou diretamente o calendário de diversas outras competições ao redor do globo, que terão que se virar para arrumar sua programação.

A Premier League, por exemplo, dará uma pausa em suas partidas a partir de 12 de novembro, retornando apenas após o final da Copa do Mundo. A La Liga seguirá um caminho semelhante, sendo que sua pausa terá início no dia 8 de novembro, retornando somente no dia 30 de dezembro.

No Brasil, o Brasileirão não terá qualquer pausa, já que prevendo a mudança, a CBF adiantou o começo da temporada em seis semanas e o Brasileirão estará concluído até o dia 13 de novembro.

Polêmico drama com David Bowie terá pré-estreia com banda ao vivo neste domingo

Noites Burlescas invade o Teatro Rival Refit