Connect with us

Entrevistas

Entrevista: Larissa Gonçalves lança EP “Feelings”

Published

on

Feelings, primeiro EP de Larissa Gonçalves, lançado dia 13 de Março, é um projeto de quatro músicas focado em tratar sobre sentimentos. Visando resgatar o sentimento de empatia, amor e união entre as pessoas. Toda a composição e produção musical foram realizadas pela artista, tornando o trabalho ainda mais intimista. Em pouco tempo de lançamento a música “Juntos”, single clip, já está tocando nas rádios e aos poucos vem conquistando novos fãs pelo país, em especial na região de Minas Gerais, Goiás e Bahia. Em conversa com o Pop Cyber, Larissa contou todos os detalhes desse novo EP. Leia:

Como foi o processo de criação do EP “Feelings”?

Foi um processo de libertação e de muito aprendizado que exigiu que eu me conhecesse melhor como ser humano e reconhecesse minhas limitações. Quis transferir as minhas experiências para as músicas.

Sobre o que fala as 4 músicas do EP?

Pode ser resumido em três palavras: amor, empatia e união. Essa é a minha verdade e o que quero mostrar para as pessoas. Além de melodias calmas as letras também são tranquilas para causar algum tipo de reflexão.

De onde surgiu o foco de resgatar o sentimento de empatia, amor e união entre as pessoas?

Vi uma necessidade de me impor sobre isso. Com a onda crescente do cyberbullying, além da falta de empatia com as pessoas que sofrem de ansiedade e depressão, isso se tornou uma necessidade. Falar de amor é sempre muito bom, mas também é necessário conscientizar as pessoas de alguma forma.

Qual foi o seu primeiro contato com a música?

A música está no meu sangue. Quero dizer, meus primos também tocam instrumentos, mas as minhas maiores influências foram meu pai e meu irmão que também são músicos, então desde pequena carrego comigo a vontade de ser cantora. Meus primeiros passos na música foram cantando na igreja, em casa e com amigos.

Como acontece o seu processo de composição?

Não é como se houvesse inspiração para compor todos os dias, é um hábito que todo compositor deve ter de criar algo. Confesso que alguns dias são mais fáceis do que outros quando algo importante acontece, mas costumo compor nos meus melhores ou nos piores dias assim o que expresso soa mais verdadeiro.

Você já possui quantas músicas autorais?

Tenho mais de cinquenta músicas escritas, mas ainda não publicadas, no momento apenas cinco estão disponíveis. Ainda tem muita coisa para ser compartilhada!

Como foi a gravação do clipe de “Juntos”?

Foi muito divertido! Usamos apenas dois ambientes e o meu preferido foi o parque de diversões, eu queria realmente ter aproveitado mais aquele momento, mas estava um tanto nervosa. A intenção que tivemos ao planejar o vídeo era de trazer a sensação de memórias e de proximidade. Sempre pensei em criar algo que fosse próximo à realidade de quem escuta minhas músicas.

Qual foi o sentimento quando escutaram sua música nas rádios?

Inexplicável. É uma sensação de realização muito grande, como se todo meu esforço estivesse valendo a pena pouco a pouco. Tem sido uma motivação ainda maior para continuar o meu trabalho e produzir mais músicas.

Você pretende expandir seus trabalho além de Minas Gerais, Goiás e Bahia?

Com certeza! Não há dúvidas de que quero mostrar para mais pessoas as minhas canções. Sou extremamente grata aos meus amigos ouvintes, eles sabem o quanto são importantes para mim, quero sempre demonstrar gratidão por estarem comigo e darei o melhor para alcançar novas pessoas.

O que vem pela frente? Quais são os seus próximos passos na música?

Ainda em relação a esse primeiro Ep, o clipe de DHL (Distância, hora e lugar) vai ser liberado e sem muita demora o livro “Feelings”, também escrito por mim, será publicado. Tenho muitos conteúdos para liberar, estou apenas esperando o momento ideal. Uma série de vídeos acústicos também virá logo em sequência. Todos podem esperar mais músicas e projetos ainda melhores no futuro. Me esforçarei para trazer conteúdos cada vez mais relevantes e agradáveis.

Advertisement