in ,

Entrevista: Gusttavo Lima relembra os pontos altos de sua carreira

Cantor, músico e compositor. Essa é a definição do artista sertanejo Gusttavo Lima. O autodidata da cidade de Presidente Olegário/MG que toca violão, viola, guitarra, bateria, baixo e sanfona, chegou ao mercado fonográfico com notoriedade: o mineiro é o responsável por dar o tom a diversas canções sertanejas que fazem sucesso nas paradas de todo o País.

Gusttavo Lima, que celebra 10 anos de carreira concedeu uma entrevista ao Pop Cyber onde relembrou os pontos altos desses 10 anos de estrada! Leia:

1. Quando fazia parte da dupla Gusttavo e Alessandro, gravou em 2010 o seu primeiro CD e DVD “Inventor dos Amores”. O álbum foi recheado de participações especiais, como a dupla Jorge & Mateus, Maria Cecília & Rodolfo, Guilherme & Santiago e de Edson, da dupla Edson & Hudson. Qual foi a importância desse primeira álbum e das parcerias contidas nele?

Na verdade eu tinha a dupla bem antes deste trabalho que me projetou para o mercado musical. Ele foi de extrema importância, graças aos meus parceiros e às músicas que gravamos eu consegui ser reconhecido nacionalmente.

2. Em 2011, você subiu ao palco do Parque de Exposições de Patos de Minas/MG, e levou ao delírio um público de 60 mil pessoas por mais de 3 horas durante a gravação do seu segundo CD e DVD “Gusttavo Lima e Você”. O que você lembra da quela noite? 

Lembro do meu coração acelerado antes de subir ao palco, e na verdade eu sempre sinto isso quando estou lá! Foi um dia marcante e muito importante!

3. Dando sequência a sua discografia, em abril de 2012, você gravou no Credicard Hall, em São Paulo/SP, seu terceiro projeto “Gusttavo Lima Ao Vivo em São Paulo”, que vendeu mais de 90 mil cópias em apenas 20 dias. Você já esperava esse retorno do público?

Eu esperava sim, estava vindo em uma crescente muito boa e o trabalho foi bem produzido e sempre tive amparado pelos meus fãs.

4. Em 2012 foi ainda um ano em que você ultrapassou as fronteiras do Brasil para ganhar o mundo. Logo em janeiro, esteve nos Estados Unidos, onde realizou a sua primeira e bem-sucedida turnê internacional. Qual foi a experiência?

Maravilhosa, eu cheguei com um pouco de medo mas muito feliz por poder cantar para os norte-americanos e também para os Brasileiros que vivem fora, que me acompanham à distância.

5. Em Amsterdã, você recebeu um prêmio pelo hit “Balada Boa” que bateu o recorde de um grande cantor holandês que há 15 anos não era quebrado.
Também na Holanda, ganhou o prêmio Double Platinum Award por mais de 50 mil downloads da música “Balada Boa”. Lembrando também um Disco de Ouro em Portugal e outro em Paris. O que esses prêmios fora do Brasil significam para você?

Acho que todo prêmio é importante, eu me avalio como um cantor que consegue realizar os próprios sonhos, isso porque vou atrás, eu luto, mas independente do país, valorizo cada reconhecimento que recebo.

6. Em 2013 você lançou seu quarto CD de carreira “Do Outro Lado Da Moeda”, como foi ter o álbum produzido em parceria com Zezé di Camargo?

Zezé é o cara, meu ídolo!

Foi especial demais, ele entende muito e tem uma visão que eu admiro.

7. Em 2014, você realizou um de seus maiores sonhos: a gravação de um DVD acústico trazendo grandes clássicos da música sertaneja. Como foi a escolha dos cantores que estariam presentes nesse projeto?

Eu quis meus grandes ídolos, as pessoas que me fizeram começar a cantar nos bares, e coloquei também o meu pai, mas tudo num contexto de gratidão ao começo da minha carreira!

8. em 2015 oficialmente foi lançado seu DVD “Buteco do Gusttavo Lima”, que conquistou Disco de Ouro, sendo um dos trabalhos de maior destaque entre os artistas brasileiros daquele ano. Como foi sua reação ao receber essa notícia?

Foi incrível! Apostamos muito no projeto.

09. E por fim no primeiro trimestre de 2016 foi lançado o DVD “50/50 – 50% Balada / 50% Romance”. Metade do repertório revela seu lado baladeiro; a outra metade, o romântico. Como foi a idealização desse projeto?

Outro projeto que me orgulha bastante, ele mostra uma fase bem madura da minha carreira, não teve participações especiais mas trouxe sucessos como “Que bena que acabou” e “Abre o portão que eu cheguei”, meu atual trabalho nas rádios.

10. Quais são os planos para á comemoração de 10 anos de carreira?
Pretendo gravar um DVD comemorativo!

What do you think?

-4 points
Upvote Downvote

Total votes: 30

Upvotes: 13

Upvotes percentage: 43.333333%

Downvotes: 17

Downvotes percentage: 56.666667%

Revista TIMES divulga lista dos 25 nomes mais influentes de 2017

Agro Vete apresenta show nacional da dupla Antony e Gabriel em Ponta Grossa – confira!