Empresário afirma que pirataria impediu projeção do RBD no streaming

rbd

Guilermo Rosas, atual CEO do RBD (ou RB2), concedeu uma entrevista reveladora para a Billboard e contou que o impedimento de toda a discografia do grupo mexicano nos streaming decorre simplesmente da pirataria desenfreada a qual estiveram reféns.

“As pessoas carregavam ilegalmente a música o tempo todo e isso afetava a todos. Ninguém estava monetizando essas transmissões, mas os fãs também estavam tendo uma experiência ruim. A música estaria lá em um dia e seria retirada no dia seguinte”, explicou.

Rosas é dono da T6H Entertainment e também administra Anahí, Christian e Christopher. Ainda segundo ele, a história sobre os direitos da discografia do RBD “é bem complexa e envolvem muitas entidades”.

“Quando a novela acabou e a banda se separou, a licença para o nome nunca mais foi renovado”, explicou ele, que agora firmou parceria com a Televisa como empresário do RBD.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

WhatsApp Image 2020 09 01 at 3.29.56 PM

Sucesso nas plataformas digitais, Casa Worship lança álbum Momentos

Gustavo Ferreira será Jason Dean em Heathers – A Teen Musical

Gustavo Ferreira será Jason Dean em “Heathers – A Teen Musical”