Connect with us

Música

Em homenagem ao pai, Léo Brandão apresenta letras de algodão

Avatar

Published

on

Nesta sexta- feira (27) de Novembro, Léo Brandão lançou a música “Letras de algodão” , nas plataformas de streamings

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Letras de Algodão” é uma poesia feita pelo jovem músico para seu pai que ganhou um tocante clipe com varias cenas emocionantes da sua infância, do presente e futuro produzido por Glenio Júnior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A combinação da bela composição de Léo Brandão com a participação de Diego Barão, Wynnie Nogueira e Breno Casa Grande no processo criativo, deu grande visibilidade a carreira do artista. É mais um passo para o compositor conquistar o seu espaço nas rádios nacionais e cativar o público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando eu tinha seis anos de idade, eu perdi o meu pai. E muita das pessoas que convivem comigo sabe que eu perdi o meu pai, mas não sabem como aconteceu. O meu pai era a pessoa que eu mais amava! Assim, meu pai e minha mãe eram as pessoas que eu mais amava na vida. Minha mãe ainda está viva comigo, Graças a Deus! Meu pai eu amava incondicionalmente, minha mãe na época, quando eu era criança, ela trabalhava e meu pai era aposentado por ser um senhor de idade, era aquele pai babão que as vezes mais parecia avô do que pai. Fazia tudo que eu queria, estava comigo o tempo inteiro, me levava para passear de bicicleta todas as tardes. Eu me lembro que todo final de tarde ele me colocava no colo dele. E na época, eram aquelas fitas “cassetezinhas” não era CD, ele colocava no gravador, e todos os dias ele colocava uma música para me ensinar a cantar. E gravava a gente cantando… E era… lindo! Essa nossa alegria essa rotina! Meu pai me colocava pra dormir, meu pai me levava pro colégio. O meu pai não tinha problema de saúde, mesmo já sendo de idade avançada, o único problema que ele tinha era na visão, ele não conseguia enxergar muito bem as coisas, então ele sempre teve o meu apoio, eu era os olhos do meu pai em todos os momentos, foi assim durante anos! Meu pai cantava na minha igreja e eu ficava vendo e eu dizia: “Meu Deus”! Eu quero cantar como o meu pai. “Era lindo pra mim”. Mas eu me lembro que um dia, era um dia de sábado, eu tinha apenas 6 aninhos de idade e tudo aconteceu em 1999, no final da tarde, meu pai foi para uma programação da igreja e falou que me amava muito, mas eu quero que você saiba que se o papai não voltar, o papai mesmo assim te ama muito. O meu pai saiu, foi para igreja, e algumas horas depois o telefone da minha casa toca, a minha mãe atende e a pessoa do outro fala com a minha mãe, e dá a notícia de que meu pai acabava de ser atropelado por um ônibus, em frente a igreja onde nos íamos quase todos os dias, na avenida que atravessamos quase toda semana, e ele pegava na minha mão e perguntava se podia atravessar. Mas dessa vez, eu não estava lá. Pra mim, foi muito difícil aceitar essa realidade, eu cresci com essa culpa, e ao longo do tempo eu fui sendo curado e fui aceitando essa realidade que pra tudo na vida, existe um propósito. Afirma, Léo Brandão

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Música

“Sofrendo”, diz família de Ygona Moura, internada com Covid-19

Avatar

Published

on

Foto: Divulgação

A família de Ygona Moura, que está internada em estado grave com Covid-19, falou do estado de saúde da influencer. “Pessoal, a Ygona ainda está em estado grave, de ontem para hoje começou a ter febre, está bem complicado o caso dela, mas para Deus nada é impossível! Volto a pedir a todos que continuem orando“, dizia post feito no Instagram da própria Ygona, na noite de quinta (21).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A família da influencer lamentou as críticas que vem recebendo, já que Ygona chegou a minimizar os riscos da pandemia e disse que esteve em aglomerações. “Sobre o estado de saúde da Ygona, porque sei que muitas pessoas gostam dela e se importam, ela aglomerou sim, pegou Covid e já está pagando pelos erros dela”, dizia o curto desabafo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eu não estou suportando mais as especulações dessas pessoas hipócritas que só sabem julgar e apontar o dedo como se fossem os donos da razão. Tnham um pouco de empatia. Tem uma família sofrendo. Se vocês não estão nem aí, porque não vão opinar em outro lugar? Peço desculpas para os seguidores pelo desabafo e obrigado a todos que está torcendo.”

 

Continue Reading

Música

Ruanzinho se junta a JS O Mão de Ouro e lança breggaton

Avatar

Published

on

Foto: Divulgação

Ruanzinho gosta de sair da sua zona de conforto. O jovem, conhecido no meio do sertanejo universitário, tem incluído elementos do brega, do funk e do forró em suas composições mais recentes. Agora, em parceria com o produtor musical JS O Mão de Ouro, os dois lançam o single “Chamadinha”, que mistura a famosa batida de panela do brega funk com sonoridades do reggaeton. A parceria estreia nas plataformas de streaming e com clipe no YouTube nesta sexta-feira, dia 22 de janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Chamadinha” é uma referência ao passinho usado por muitas mulheres nos vídeos de dança – o que torna um hit certeiro:  “Aí JS solta logo esse refrão / Pra mina jogar e dar chamada com a mão”. A música é contagiante e envolvente, e a panela de JS O Mão de Ouro dá o ritmo para a coreografia do brega funk.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Acumulando mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, Ruanzinho é um jovem de 17 anos com alguns hits no currículo. “Dá Uma Chance” ultrapassa os 70 milhões de views no Youtube, e, em 2019, o último romântico lançou o EP “Confissões de um Apaixonado”, que lhe rendeu um grande número de fãs no sertanejo universitário.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ruanzinho e JS O Mão de Ouro fazem parte do casting da produtora e gravadora Los Pantchos, de São Paulo. Naturais do Nordeste, está explicada a versatilidade presente na parceria da dupla. “Chamadinha” chega em todas as plataformas de música nesta sexta-feira, com clipe disponível no Youtube a partir das 12h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Continue Reading

Música

Jon Jon lança single em parceria com MC Alysson

Avatar

Published

on

Foto: Divulgação

Dando continuidade ao seu projeto de dar voz à nova geração do funk, Jon Jon lança “O Jogo Virou” em parceria com um funkeiro já bastante conhecido na cena carioca. O feat. entre o produtor musical e MC Alysson estreia em todas as plataformas de música e com clipe no YouTube nesta sexta-feira, dia 22 de janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MC Alysson é o dono dos sucessos “Vai Sentando Sem Compromisso” e “Hoje Que Tu Brota na Minha Base”, que, juntas, somam mais de 100 milhões de visualizações nas versões oficiais e remixes do YouTube. Neste trabalho com Jon Jon, os funkeiros interpretam os amigos de uma mulher recém-separada, que vai para o baile esquecer a ex e reatar o seu amor próprio: “Eu não quero mais você / Veja que o jogo virou / Tu vai se arrepender”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois de fechar o ano de 2020 com o projeto “Funk no Ranking”, em que convidou artistas de diversas gerações do gênero para cantar seus versos autorais, Jon Jon volta a fazer parcerias com novos talentos a fim de lhes abrir portas e passar o bastão do funk.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O clipe de “O Jogo Virou” chega no Youtube às 12h no mesmo dia de lançamento do single.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Continue Reading
Advertisement