Connect with us

Música

DOC Records dá as boas-vindas a Komka e seu novo EP, intitulado “Disconnected Rails”

Published

on

Komka

Por quase duas décadas, o artista de Brasília tem sido um nome e uma personalidade ativa no cenário da música eletrônica. DJ e produtor de vários talentos e respeitado, João Komka conseguiu uma carreira com diversas perspectivas, guiadas por iniciativas independentes.

Suas influências vão do disco ao industrial. As performances ao vivo da Komka são reconhecidas como únicas, com uma seleção impressionante de electro, techno e house beats, explorando melodias profundas, sons ácidos e grooves consistentes.

“Disconnected Rails” é a faixa que dá nome ao EP e conta com a participação de Nina Mess. A música está cheia de batidas quebradas, uma colisão de new wave e techno que provavelmente poderia se encaixar em qualquer playlist de hinos do eletrônico. O artista usou bateria TR-808, sintetizadores Moog Sub37 e muitas camadas feitas com o Serum, que é um dos sintetizadores virtuais favoritos da Komka.

Já a faixa “Guardian Poets”, é uma combinação de sintetizadores e um Moog Sub37 para criar um hit para as pistas de dança. Uma synth-pop com vibes dos anos 80 com uma textura techno a 110BPM. Nos vocais, Komka usou um Sylenth que lembra Vitalic. “Essa música abriu as portas para alguns truques que eu uso hoje”, conta Komka.

Você pode ouvir e baixar o EP “Disconnected Rails” acessando aqui: https://d-o-c.lnk.to/komka.

As músicas de Komka já foram aclamadas por artistas como Laurent Garnier, Boys Noize e Zombie Nation. Os destaques de “Take Control”, de Come and Hell (seu projeto paralelo com Mariana Perrelli), foram escolhidos por Gui Boratto para compor seu terceiro álbum “Abaporu”. “Come and Hell” também é destaque na compilação “Magnum Vol. 1”.

Como um dos criadores do 5uinto e por um período curador artístico do clube, foi responsável por muitos nomes internacionais importantes que tocaram lá sob sua formação e direção, como Solomun, Miss Kittin, Stephan Bodzin, Anthony Rother, Boris Brejcha, Dubfire, Ellen Allien, Michael Mayer, Steve Bug, Gui Boratto, Oliver Huntemann e DJ Hell, para citar alguns. Um tipo de trabalho que definitivamente moldou o mundo eletrônico de Komka.

Komka é um soldado brasileiro com um arsenal de ideias e talento com produções sérias para conquistar o underground e os grandes festivais.

Abraçando uma nova fase, o EP “Disconnected Rails” entrará em sua cabeça e permanecerá lá. Prepare-se para mergulhar fundo e perder o senso de realidade.

Para mais informações:
Site: https://www.iu.art.br/komka
Instagram: https://www.instagram.com/komkamusic/
Facebook: https://www.facebook.com/komkamusic/
Soundcloud: https://soundcloud.com/komka
Spotify: https://open.spotify.com/artist/6ar7BukJkAIHjSdBmyA7le 

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisement
Advertisement